14647 0

WatchGuard Partner Summit 2017 reconhece a excelência do seu canal de distribuição

A WatchGuard escolheu a cidade de Madrid para celebrar o seu WatchGuard Partner Summit 2017, a reunião anual com o seu canal de parceiros de Espanha e Portugal. Este evento serve como cenário para fazer o balanço aos resultados obtidos no exercício anterior e avançar as linhas mestras que marcarão a sua estratégia e a visão da empresa para o presente ano e para o futuro, assim como para partilhar as conquistas alcançadas pelo seu canal. Neste evento, a WatchGuard também realizou a entrega dos seus tradicionais prémios anuais aos seus parceiros.

O evento, que nesta edição contou com o lema “Break Away”, bateu um novo record de assistência, superando as 150 pessoas, o que mostra o crescente interesse que desperta o mercado da segurança e a proposta de negócio da WatchGuard entre os seus parceiros, assim como o compromisso e o envolvimento destes no projeto da empresa.

Carlos Vieira, country manager da WatchGuard Iberia, abriu a sessão agradecendo aos parceiros o seu contributo e destacando a importância do seu trabalho, “que permitiu à empresa manter a trajetória de crescimento de dois dígitos nos últimos anos e sem cuja colaboração não se poderia estabelecer o objetivo de crescer 25% em 2017 em Portugal e Espanha”, uma meta que reconhece ambiciosa, mas alcançável, tendo em conta as inovações que a WatchGuard está a adicionar ao seu portfólio de produtos e serviços e a própria evolução da organização.

Por seu turno, o CEO da WatchGuard, Prakash Panjwani, fez o discurso inaugural e passou em revista os bons resultados obtidos pela empresa, reforçando em que “a WatchGuard está melhor posicionada que nunca para abordar os desafios do mercado, contando com nove anos de crescimento consecutivos, sendo que só nos dois últimos vimos o negócio de hardware crescer para 27%, cabendo aos restantes 73% a parte dos serviços. Isto traduz-se em mais oportunidades e mais margens para os nossos parceiros”.

Neste sentido, o responsável da WatchGuard também reiterou a importância que os parceiros de canal assumem na empresa, mostrando-se orgulhoso do seu trabalho e pedindo-lhes que continuem com o seu compromisso, pois são uma das peças fundamentais do motor que move a empresa. Prakash Panjwani recordou, ainda, que a WatchGuard é e continuará a ser uma empresa 100% de canal, sublinhando que continuará a reforçar as áreas estratégicas para o negócio: Cloud, Wi-Fi e a aposta nos fornecedores de Serviços Geridos de Segurança (MSSP).

 


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

NEC implementa cabo submarino com 50tb de capacidade

A NEC demonstrou uma capacidade de transmissão de 50.9 terabits (Tb) por segundo numa única fibra ótica, sobre uma distância superior a 11.000 km. Esta é a primeira

Grupo Claranet recruta 100 colaboradores até ao final do ano

A Claranet anunciou que, até ao final de 2017, irá contratar cerca de uma centena de colaboradores para as várias empresas que o Grupo detém na Europa, em Portugal,

RHmais apresenta Pós-Graduação na Universidade Europeia

A RHmais apresenta a Pós-Graduação em Strategic Innovation, uma formação em regime de e-Learning da Universidade Europeia, oferecendo um desconto de 10% sobre o valor da propina anual.

Information Builders, classificada como líder do mercado de BI pelo oitavo ano consecutivo

Information Builders anuncia que a firma analista Dresner Advisory Services a classificou como Líder no seu último relatório anual relativo ao mercado de business intelligence.  Este estudo examina as

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *