Vodafone leva Internet of Things para os Açores e fomenta a criação da primeira “Smart Island”

25696
0
Share:

A Vodafone Portugal iniciou, no último trimestre de 2016, um roadshow pelo País para dar a conhecer o seu vasto portefólio de soluções Internet of Things (IoT) a responsáveis do setor público.

A sessão de hoje, dia 16 de fevereiro, realiza-se no Parque de Ciência e Tecnologia de São Miguel (Nonagon). A escolha da Região Autónoma dos Açores (RAA) reveste-se de particular importância, porque demonstra como as tecnologias de ponta permitem acelerar o desenvolvimento do País a uma só velocidade, reduzindo eventuais efeitos de insularidade e/ou de interioridade, e promover um mercado único local coeso.

Numa altura em que a Internet das Coisas é identificada como a maior e mais disruptiva transformação potenciada pela Internet e um dos pilares da 4ª revolução industrial – a digital – a Vodafone aposta na demonstração de soluções inteligentes nos Açores, criando as condições para a Região se poder transformar numa primeira “Smart Island”.

Nos Açores, a Vodafone apresenta um conjunto alargado de dez soluções IoT: Moocall; Vodafone Smart Buildings; Vodafone Smart Lights; Vodafone Lights On, Lights Off; Vodafone Smart Waste; Vodafone Smart Water; Vodafone Smart Counting; Gestão de Frotas; Vodafone Ready Check Go; e Prodsmart.

Estas soluções permitirão às organizações públicas e privadas açorianas otimizar a gestão de recursos, obter um maior controlo de custos, reduzir consumos, criar práticas empresariais e operacionais mais eficientes e desenvolver novos modelos de negócio que irão redesenhar a cadeia de valor, com claros benefícios para os cidadãos e para o crescimento económico do arquipélago.

A Vodafone está empenhada em participar ativamente na criação de uma ‘Smart Island’, quer através da entrega de soluções IoT, desenhadas e adaptadas à medida das especificidades dos setores público e privado, quer através da disponibilização da sua rede e das plataformas de gestão, desenvolvidas especialmente para a comunicação entre ‘things’ e mundialmente reconhecidas pela indústria”, afirma João Mendes Dias, responsável pela área empresarial da Vodafone Portugal.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário