14453 0

Vencedor do prémio Altran é conhecido dia 22

São 17 os projetos em análise pelo júri do prémio Fundação Altran Tecnologia e Inovação ao Serviço da Inclusão Social. As candidaturas chegaram de todo o país, desde o Alentejo, passando por Aveiro, Beira Interior, Coimbra, Lisboa e Porto, enviadas por estudantes, por institutos públicos e pelo setor privado que apresentaram projetos de áreas técnicas nas categorias educação, comunicação, formação e emprego, saúde e higiene, mobilidade, alojamento e ambiente. Na final, apenas quatro projetos vão estar na corrida e o vencedor da competição nacional é conhecido dia 22 em Lisboa.

Recebemos projetos muito interessantes, úteis à sociedade e com potencial! Um dos desafios importantes para o país é o combate ao abandono escolar e alguns dos projetos que recebemos, por exemplo, pretendem precisamente criar novas ferramentas, a nível tecnológico e científico, de combate ao insucesso escolar e de incentivo à inserção profissional de pessoas com incapacidades”, afirma o diretor geral da associação EPIS – Empresários pela Inclusão Social, e também porta-voz do júri do prémio, Diogo Simões Pereira.

Construir portais, apoiar a criação de novas soluções digitais para o setor da educação, ajudar a generalizar o uso das tecnologias de informação e da internet no área do emprego e formação, juntar sinergias na criação de protótipos que facilitem o quotidiano das pessoas com mobilidade reduzida são alguns dos projetos que estão a ser estudados e discutidos pelos membros do júri, que dia 22 revela o projeto vencedor. Além do prémio nacional, o vencedor tem a oportunidade de representar Portugal na final internacional que irá decorrer em Paris.

Acreditamos que há potencial nos trabalhos apresentados e por isso confiamos na decisão do júri relativamente aos projetos finalistas e ao vencedor, sendo que na Altran tudo faremos para garantir o sucesso e a concretização do trabalho escolhido. A necessidade de inclusão social é um tema deste tempo e portanto, precisamos de ideias e projetos inovadores que contribuam para a melhoria das condições de vida das pessoas”, sublinha a diretora de marketing e comunicação da Altran Portugal, Maria da Luz Penedos.

O júri do prémio Altran é composto por António Bob dos Santos, Bernard Chantrelle, Diogo Simões Pereira, João Trigo da Roza, José Pascoal, e Miguel Mira da Silva.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

ESET é “Top Player” no mercado de segurança em 2015

A ESET foi classificada como Top Player no mais recente “Endpoint Security – Market Quadrant 2015” do Radicati Group. Esta classificação positiva confirma a capacidade da ESET em

Cobrança inteligente de internet móvel reforça experiência dos consumidores

O ConsumerLab da Ericsson desenvolveu um estudo para verificar se uma cobrança e gestão de tráfego de internet móvel de forma mais inteligente poderia melhorar a experiência do

Sage acrescenta ao software de gestão, dinamismo e mobilidade

Com o mote “Acelere o sucesso do seu negócio ” a Sage lança a solução SageCRM. Exceder as expectativas dos clientes em tempo real e em qualquer lugar,

IBM alerta para ameaças à rede mais direcionadas e ataques com maior retorno

A IBM anunciou os resultados do relatório anual IBM X-Force 2012 Trend & Risk Report e deixa um alerta: as ameaças à rede são cada vez mais direcionadas

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *