37054 0

upK elege Tecnologia NextBITT para se tornar benchmark do mercado

A NextBITT criou uma solução tecnológica que está a ajudar a upK a consolidar a sua posição de referência face à sua concorrência.

A solução de gestão de ativos da NextBITT permite à upK uma monitorização mais atempada, completa, precisa e isenta de erros de equipamentos que incluem postos de transformação elétrica, geradores e bombas, entre outros ativos críticos na manutenção de instalações e de edifícios.

André Calixto, partner da NextBITT, explica que o projeto que está a ser implementado na upK “utiliza tecnologia NFC para identificação dos ativos e validação da execução das intervenções pelos técnicos”. Esta solução é implementada em dois cenários principais. “Num dos cenários, quando o utilizador lê uma etiqueta NFC com a aplicação NextBITT Mobile, é-lhe mostrada a ficha do ativo bem como toda a sua informação técnica; num segundo cenário, sempre que um técnico inicia o processo de manutenção, pode ser obrigado a ler a etiqueta NFC do ativo e o mesmo processo é aplicado no fecho da intervenção, de forma a garantir a sua execução efetiva”.

Manuel Quinaz, CEO da upK, explica que o objetivo da sua empresa é “elevar o nível da manutenção”, algo que é feito através de uma gestão completa da relação com os clientes, não apenas com a prestação direta de serviços, mas também quando esses serviços são feitos por prestadores externos.

Para este responsável, a ferramenta que a upK criou com a NextBITT, “irá permitir-nos consolidar a nossa posição no mercado e, mesmo estando ainda numa fase de implementação (que deverá estar concluída até ao final de 2017), é algo que já está a criar uma diferenciação clara face à concorrência”.

“Este projeto vem-nos dar a possibilidade de responder aos desafios que se colocam em termos de novas abordagens face à manutenção”, explica Manuel Quinaz. “Vamos passar a ter capacidade de monitorizar online e em tempo real o estado dos equipamentos, os seus dados críticos, etc. Esta plataforma fará com que seja possível termos sensores para detetar vibrações, para monitorizar o consumo energético, para acompanhar parâmetros críticos de manutenção – como é o caso da lubrificação, por exemplo – de forma a ser possível antecipar ciclos de intervenção e, desta forma, não só garantir o bom funcionamento dos equipamentos, mas também evitar falhas com efeitos potencialmente graves”.

A plataforma criada pela NextBITT para a upK não só guia as intervenções no terreno, através de terminais móveis que leem etiquetas NFC, como agrega a informação sobre todo o estado da instalação e oferece uma visão global e em tempo real de todo um projeto.

“Este é de facto um projeto diferenciador para nós”, diz o CEO da upK. “Passamos a ter um controlo adicional sobre a operação porque existe não apenas uma monitorização dos equipamentos, mas também um acompanhamento praticamente em tempo real das atividades das equipas de manutenção, com registo automáticos e desmaterializados: não há papel, eliminam-se os erros de leitura, há maior produtividade…”

E Manuel Quinaz conclui: “o sistema da NextBITT facilita o cumprimento de SLAs [níveis de serviço acordados] apertados, com objetivos negociados com os clientes, mas também a monitorização dos níveis de serviço internos, não apenas para seguimento em termos de qualidade mas até para cumprimento de objetivos de serviço para efeitos remuneratórios. É um projeto que nos dá uma diferenciação perante os concorrentes e permite que a upK seja um benchmark ao nível da gestão da manutenção”.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

Portugal concede cerca de 70 patentes de software ao ano

Em Portugal, tendo em conta os últimos anos, têm sido requeridas cerca 1000 patentes nacionais ao ano. Segundo a estimativa de que 35% das patentes são de software,

Alidata renova estatuto de PME Líder em Portugal

A Alidata renovou por mais um ano o estatuto de PME Líder, um galardão atribuído em parceria pelo IAPMEI, Turismo de Portugal e um conjunto de bancos parceiros,

Lexmark apresenta nova gama de impressoras laser com quatro anos de garantia

A Lexmark anunciou a sua linha para PMEs com quatro anos de garantia. Desenhada para responder assertivamente às necessidades das PMEs, oferece aos clientes uma maior tranquilidade e

ABB e IBM formam parceria no campo da inteligência artificial para a indústria

A ABB e a IBM anunciaram uma colaboração estratégia que combina a oferta digital líder de indústria da ABB, o ABB Ability, com as capacidades cognitivas do IBM

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *