Token Service: Tecnologia Visa estende pagamentos móveis para mais de 12 países europeus

29480
0
Share:

No âmbito do lançamento do seu novo Centro de Inovação em Londres, a Visa anunciou que, até o final deste ano, mais de 12 países europeus irão adotar o Visa Token Service. Trata-se de uma nova tecnologia que torna os pagamentos móveis e online ainda mais seguros e convenientes ao substituir as informações da conta do consumidor por um identificador digital.

A tecnologia já suporta regimes de pagamentos móveis em 27 países de todo o mundo, incluindo França, Irlanda, Polónia, Suíça e Reino Unido, incluindo mais de 1.300 parceiros de instituições financeiras. A Visa trabalha em proximidade com os seus clientes e parceiros com o objetivo de estender e inserir a tecnologia junto de um maior número de países e nos pagamentos online.

Com assinatura pioneira da Visa, em 2014, o Visa Token Service constitui a tecnologia que sustenta serviços reconhecidos referentes aos pagamentos móveis, incluindo o Apple Pay e o Android Pay, ao disponibilizar junto dos consumidores uma forma segura no carregamento e acesso à conta do dispositivo móvel. A tecnologia situa-se no centro da visão IoT (Internet das Coisas) da Visa, permitindo transações seguras e convenientes a partir de qualquer dispositivo conectado tais como telemóveis, tablets, wearables, até mesmo automóveis e eletrodomésticos.

Fatores-chave no crescimento dos pagamentos móveis na Europa

A segurança, conveniência e o aumento de locais de retalho equipados com terminais de pagamento Contactless constituem fatores-chave que impulsionam a adoção de pagamentos móveis em toda a Europa. A tecnologia de serviços token da Visa oferece aos consumidores uma maior confiança face a dispositivos móveis, permitindo uma experiência de compra perfeita nas transações do dia-a-dia desde as deslocações, ao café da manhã até ao entretenimento. Além disso, os retalhistas europeus têm vindo a instalar cada vez mais novas tecnologias capazes de suportar tanto cartões de pagamento como dispositivos móveis (NFC).

  • Na Europa, as cinco principais categorias de retalho no âmbito dos pagamentos móveis são os restaurantes; supermercados; transportes; alimentos/ bebida de conveniência; e lazer e entretenimento.
  • Ao utilizar o seu dispositivo móvel para efetuar uma compra, os consumidores europeus gastam uma média de 9€ na loja e 41€ no online.
  • Ao viajar para o estrangeiro, os europeus recorreram ao seu dispositivo móvel para efetuar compras em 91 países em todo o mundo, o que ilustra o sentimento de segurança das pessoas na utilização dos seus smartphones ou tablets aquando a realização de compras noutro país.
  • Existem mais de 1,2 milhões de comerciantes na Europa que aceitam pagamentos Contactless através de cartões e dispositivos móveis na loja, dando origem a mais de cinco mil milhões de compras Contactless por parte dos titulares europeus de contas Visa. Isto representa 32% de todas as transações processadas pela Visa em locais de retalho físicos.

Promover o Comércio IoT (Internet das Coisas)

O Visa Token Service e a capacidade de remover informações confidenciais da conta de pagamento do consumidor – nas compras em canais digitais – é fundamental para a segurança das transações numa ampla gama de dispositivos conectados (IoT), desde um relógio ou anel, até um eletrodoméstico ou um automóvel.

A colaboração global da Visa com a IBM, anunciada recentemente na abertura do novo IoT Watson Research Center da IBM, em Munique, é projetada nesse sentido e está enraizada numa visão partilhada e convicção de que é possível integrar com segurança pagamentos e comércio na maior parte dos 20 mil milhões de dispositivos conectados estimados na economia global até 2020.

Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário