13095 0

Tecnologia da NEC deteta mudanças no comportamento de multidões

A NEC Corporation desenvolveu a primeira tecnologia mundial de “análise de comportamento de multidões”, que utiliza imagens de câmaras de vigilância para compreender o comportamento de multidões e detetar situações fora do normal. Esta tecnologia deverá contribuir para melhorar a proteção e a segurança através da deteção atempada de situações invulgares e de acidentes.

Quando uma instalação ou espaço público de grande dimensão atrai uma grande quantidade de pessoas, há sempre o risco de ocorrer um incidente inesperado, incluindo acidentes ou atos ilegais. Em consequência disso, uma grande quantidade de locais com circulação intensa de pessoas estão equipados com câmaras de segurança, de forma a ajudar a prevenir acidentes e minimizar possíveis danos. Contudo, em ambientes sobrelotados, em que centenas de pessoas estão a interagir num padrão complexo de atividades, é difícil para as tecnologias tradicionais detetarem e identificarem rapidamente as caraterísticas de uma perturbação.

A tecnologia recentemente desenvolvida pela NEC analisa a influência que um incidente inesperado, ou sinais do mesmo, tem sobre o comportamento de uma multidão, permitindo identificar com precisão as mudanças na sua forma de atuar.
Assim sendo, as câmaras de segurança existentes podem ser utilizadas para detetar perturbações, tais como uma mudança repentina no fluxo de tráfego pedonal ou um grupo que se forma em torno de um individuo, e estimar com precisão o grau de congestionamento, mesmo num ambiente extremamente sobrelotado, como um espetáculo publico ou uma estação de comboios em hora de ponta.

As principais caraterísticas desta tecnologia são:

1) Compreensão exata das características de multidões

Esta tecnologia cria pseudo-imagens através de simulações que apresentam uma ampla gama de situações, tais como diferentes graus de congestionamento e o comportamento de cada individuo. De seguida, as tecnologias de reconhecimento de imagem aplicam um algoritmo proprietário para combinar e comparar as imagens das camaras de segurança com as pseudo-imagens. Tal permite que as características das multidões possam ser analisadas com um elevado grau de precisão, mesmo quando as pessoas nas imagens aparecem muito sobrepostas.

2) Análise rápida e precisa das mudanças verificadas na multidão

È dado especial enfoque ao comportamento das pessoas perante a eventualidade de uma ocorrência incomum. Se, por exemplo, duas pessoas começam a discutir num espaço público, a tecnologia analisa de perto os padrões de comportamento das pessoas que estão próximas do incidente, como pausas mais ou menos prolongadas. Além disso, o nível de um incidente pode ser estimado com base num valor limiar pré-determinado, que ajuda a medir a magnitude da mudança de comportamento da multidão.


Bruno Fonseca

Bruno Fonseca

Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Notícias Relacionadas

Siemens vence prémio “iF Product design award 2013”

Três dos novos produtos da divisão Industry Automation, da Siemens venceram o cobiçado prémio iF Product design award 2013. O novo SIMATIC S7-1500, tal como os relés de

QlikTech conquista prémio Learning! 100

A QlikTech anunciou que foi distinguida com o prémio Learning! 100 do grupo Elearning! Media Group (EMG), atribuído pelos editores das revistas Elearning! e Government Elearning!, pelo seu Programa

Luis Simões obtém certificação OHSAS 18001 pela sua Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho

A Luís Simões obteve a certificação OHSAS 18001:2007 na sua delegação logística da Zona Franca (Barcelona), esta certificação reconhece as organizações mais empenhadas na prevenção de riscos laborais e

Commvault: “Este ano as empresas vão perceber que a gestão inteligente de dados não é um luxo, mas uma necesidade”

A indústria das TI move-se a um ritmo sem precedentes, especialmente no que se refere à gestão dos dados. O Instituto Internacional de Analítica estima que, até 2020,

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *