Syncrea reforça Rede de Serviços de Segurança da REN

9856
0
Share:

A Syncrea equipou recentemente quatro subestações da REN – Redes Energéticas Nacionais, no âmbito do processo de reforço e ampliação da sua Rede de Serviços de Segurança (RSS). O projeto teve como base a implementação de uma solução de comunicações de dados entre os nós centrais de controlo e as subestações da REN, com o objetivo de aumentar a interoperabilidade entre os vários sistemas existentes e, consequentemente, permitir uma gestão otimizada de toda a rede.

As subestações no âmbito deste projeto fazem parte da Rede Nacional de Transporte (RNT) de eletricidade, instalações nas quais é feita a transformação que permite o transporte em muito alta tensão entre as centrais elétricas e os centros de consumo de todo o país. A disponibilização de comunicações fiáveis e adequadas aos requisitos do sector é fundamental para a interligação dos sistemas eléctricos locais aos centros de controlo, permitindo que a operação e exploração da rede elétrica se faça com os elevados padrões de continuidade e fiabilidade que lhe são exigidos.

A base do projeto assenta numa solução IP-MPLS (Multi Protocol Label Switching), um mecanismo de transporte de dados em redes de comutação de pacotes, com a qual é possível utilizar uma infra-estrutura de rede física partilhada mas garantindo estanquicidade, resiliência e níveis de qualidade de serviço alinhados com os requisitos dos vários processos industriais associados à gestão das subestações que compõem a RNT

«Este foi um projeto especialmente interessante, por um lado porque é sempre estimulante trabalhar com equipas com alto nível de especialização como as da REN, por outro porque a solução de switching implementada neste projeto é a mais recente do portefólio da Cisco Systems, especialmente desenvolvida para ambientes mais exigentes como é o das utilities do sector da energia, e em torno da qual se têm criado grandes espectativas», partilha Miguel Dray, diretor comercial da Syncrea para a região sul.


Share:

Deixe o seu comentário