SUSE mantém independência na integração com a Micro Focus

7920
0
Share:

A SUSE revela a nova estratégia da marca numa altura em que as empresas do grupo Attachmate (Novell, SUSE e NetIQ) e Micro Focus completaram com sucesso o período de integração iniciado no final de 2014 com o anúncio da fusão de ambos os grupos.

O prestígio, força da marca, especificidade e importância da marca SUSE levou a que fosse constituída uma unidade de negócio independente dentro do grupo Micro Focus. Desta forma a SUSE tem, a nível mundial, uma organização, estratégia de negócio, equipa de consultoria e desenvolvimento próprias e independentes com foco exclusivo na marca SUSE.

A SUSE está a apostar numa estratégia de crescimento e desenvolvimento alicerçada no recrutamento de recursos humanos especializados. No espaço de seis meses foram preenchidas 120 vagas disponíveis worldwide para as áreas de Sales, Engineering, Marketing, Product Management, Technical Support e Customer Service. O suporte técnico é uma das áreas onde a SUSE continua investir como forma de crescer junto dos clientes e assegurar um melhor serviço.

Em Portugal a SUSE tem agora uma equipa exclusiva e dedicada constituída por quatro elementos: o Territory Manager, Michael de Castro; a Channel Sales, Sónia Ferreira, e ainda dois Software Engineers, Filipe Manana e João Luís, que integram a equipa de desenvolvimento internacional da SUSE Labs, para as áreas de File System (Btrfs) e Ceph.

“Estamos entusiasmados com o reconhecimento atribuído à SUSE. O nosso objetivo é crescer e aumentar o reconhecimento SUSE no mercado nacional. Para tal, contamos com a colaboração da nossa rede de Parceiros especializados, mantendo sempre o foco nas necessidades dos nossos clientes, que se apresentam cada vez mais complexas à medida que a tecnologia evolui. Beneficiando do investimento mundial feito na inovação e atualização dos nossos produtos, a SUSE possui um portfólio de soluções estáveis que é, hoje em dia, mais abrangente do que apenas o SUSE Linux Enterprise Server, tal como o SUSE Manager, o SUSE OpenStack Cloud e o mais recente SUSE Storage”, afirma Michael de Castro, Territory Manager da SUSE em Portugal, “Por todos este motivos, estamos confiantes que a SUSE continuará em rota de crescimento, tal como tem acontecido nos últimos anos.”.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário