38218 0

Sonae investe 105 milhões de euros em inovação no retalho

A Sonae reforçou a sua aposta estratégica na inovação ao longo de 2017, tendo desenvolvido mais de 660 projetos a nível mundial, que estão a contribuir para melhorar a vida das pessoas e para solidificar a posição de liderança no setor do retalho. O investimento em inovação, investigação e desenvolvimento terá atingido os 105 milhões de euros no ano de 2017, crescendo cerca de 2% face ao ano anterior e representando 0,34% das vendas dos negócios de retalho da Sonae.

Segundo os dados divulgados no “Livro de Inovação do Retalho 2017”, relatório pioneiro no setor empresarial a nível mundial e editado pelo nono ano consecutivo, a Sonae prosseguiu com a sua estratégia de inovação aberta, trabalhando com 423 parceiros em 30 países de 4 continentes. Entre os parceiros da Sonae estão universidades, centros de investigação e desenvolvimento, empresas, startups, incubadoras e aceleradoras, fornecedores e instituições das mais variadas áreas. A Sonae pretendeu, assim, estimular a partilha do conhecimento e o desenvolvimento de iniciativas por via de cooperação em rede. Este compromisso com a inovação está a ser potenciado pela participação das suas equipas em iniciativas de inovação, as quais terão envolvido diretamente 2.265 colaboradores a tempo integral durante o ano de 2017.

As inovações desenvolvidas e implementadas permitiram aos negócios de retalho da Sonae aumentar as suas vendas, reduzir custos e poupar tempo despendido em vários processos, contribuindo positivamente para os resultados alcançados pela Sonae. Segundo o Livro de Inovação no Retalho da Sonae, o valor presente líquido dos projetos desenvolvidos é estimado em mais de 150 milhões de euros, demonstrando o sucesso das iniciativas de inovação, investigação e desenvolvimento.

Entre a seleção de 80 inovações que constam do Livro de Inovação e que foram desenvolvidas e implementadas pelas insígnias de retalho da Sonae estão projetos como:

Transformar.te, do Continente – que luta contra o desperdício alimentar e que gerou 3 milhões de euros em benefícios económicos e 9 milhões de euros em benefícios sociais;

Winners da Worten – que resultou num aumento das vendas de 1% e diminuiu a percentagem de colaboradores menos motivados em 45%, através de uma plataforma que permite que todos acompanhem não só o seu próprio desempenho, mas também o dos seus colegas, das lojas, e os objetivos a atingir;

“Jindo Burel”, da Berg – uma sapatilha inovadora e ecológica composta por materiais 100% naturais, recicláveis e autóctones como o burel e a cortiça.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

Imagine Cup da Microsoft arranca com 11ª edição

Já arrancou a 11ª edição da Imagine Cup, a maior competição tecnológica à escala mundial dirigida a estudantes universitários promovida pela Microsoft. Este ano a competição compreende vários

WatchGuard salta para as nuvens e apresenta Cloud Wifi aos parceiros

A WatchGuard anuncia que no próximo dia 29 de novembro, no Hotel Tivoli Oriente, em Lisboa, vai apresentar à sua rede de parceiros portugueses as suas novidades em tecnologia

InCloud for Safemed: O futuro para a segurança e saúde no trabalho

A Ábaco Consultores disponibiliza a sua solução inCloud for Safemed, com novas funcionalidades, também para o mercado internacional. Na sequência da recente abertura dos escritórios de Londres e

Peter Stevens em Portugal para dar formação em SCRUM

Ao longo de 2016, a Rumos vai dedicar uma parte significativa das suas ações de formação à temática de Scrum. O primeiro curso, uma certificação em CSM -Certified

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *