SoftFinança aposta em novas soluções e parcerias estratégicas

11000
0
Share:

A SoftFinança aproveitou o início deste mês para levantar o véu sobre uma nova oferta estratégica e imagem corporativa, que se deve fundamentalmente aos mais de 20 anos de experiência ao serviço das principais instituições financeiras nacionais, bem como de Clientes estratégicos em mercados internacionais. Isto contribuiu para o desenvolvimento de uma nova linha de produtos, inteiramente alinhada com as novas prioridades de negócio do sector financeiro, respondendo às suas necessidades actuais e futuras.

Como parte integrante desta mudança, a SoftFinança assinou igualmente um acordo de parceria com a SAP que lhe permite apresentar uma oferta integrada para as principais áreas de actividade dos seus Clientes e completar a rede de parcerias definidas como prioritárias para o crescimento sustentado da empresa. Por último, e não menos importante, a empresa irá reforçar a sua aposta estratégica no desenvolvimento de uma presença em mercados internacionais, beneficiando da sua experiência em projectos já desenvolvidos em vários países Lusófonos.

Por forma a dar corpo a este novo posicionamento estratégico da empresa, a SoftFinança renovou também toda a sua imagem e a marca. Nesse sentido, a nova SoftFinança define-se como uma empresa de software inteligente, capaz de agilizar e dinamizar a relação com o cliente, tornando-a mais prática, mais simples e mais eficaz.

JoaoCupertino“A liderança de mercado só pode ser atingida com inovação contínua. A SoftFinança foi fundada em 1990 com o foco na área financeira, implementando projectos para os canais de distribuição e relacionamento de Clientes”, afirma João Cupertino, Director-Geral da SoftFinança. “Com a profunda mudança que apresentamos hoje, pretendemos reforçar a nossa principal prioridade – o relacionamento próximo com os nossos Clientes e o alinhamento com as suas prioridades de negócio. Fruto de um processo já iniciado, iremos também fazer uma aposta muito ambiciosa no crescimento em mercados internacionais emergentes e nos quais a experiência e profundo conhecimentos do sector pelas equipas SoftFinança é uma mais-valia de grande relevância percepcionada pelos Clientes, ” concluiu.

A nova SoftFinança

O sector financeiro e segurador está a enfrentar uma profunda mudança em três vertentes fundamentais da sua actividade e posicionamento estratégico. Por um lado, a economia e sociedade cada vez mais digitais e globalizadas implicam uma maior personalização e relação com base no conhecimento real das necessidades dos Clientes ao logo do seu ciclo de vida. Por outro lado, e face à relevância do sector na economia de cada país e num contexto global, as entidades do sector são supervisionadas de forma contínua, detalhada e rigorosa, o que origina processos de conformidade mais detalhados e complexos. Por último, e face aos dois pilares estratégicos anteriormente referidos da supervisão e da personalização dos serviços/ofertas, o modelo de governo das instituições sofre também ele uma mudança, alicerçada na gestão estratégica como um processo assente na agilidade, escalabilidade e controlo internos.

Desta forma, a SoftFinança estruturou a sua oferta de forma a reflectir a Arquitectura de Sistemas de Informação das Instituições Financeiras:

  • Relação com o Cliente, com soluções para responder a necessidades de marketing relacional e segmentação de clientes e canais;
  • integração, através de sistemas de integração interna (aplicações sob gestão do cliente) ou externa (aplicações e serviços de parceiros e clientes);
  • Core bancário, para a gestão de Clientes, produtos, cartões e mercados financeiros;
  • Suporte Administrativo, para resolver as necessidades de gestão administrativa,
  • financeira, capital humano, fornecedores e imobilizado;
  • Gestão estratégica, englobando o planeamento, monitorização e revisão contínua.
  • Com esta alteração, a nova SoftFinança completa um processo de transformação, passando de uma empresa de projectos à medida para uma empresa de engenharia de produtos próprios, com valores claros de rigor, profissionalismo e inovação contínua.

Como parte do plano estratégico, e em conjunto com esta nova definição da sua linha de produtos, a SoftFinança identificou um conjunto de mercados internacionais prioritários onde tem vindo gradualmente a desenvolver projectos tecnológicos relevantes. Os mercados prioritários identificados numa primeira fase são, para além de Portugal, Angola, São Tomé e Príncipe, Cabo Verde, Timor Leste e Moçambique. Entre os projectos mais recentes desenvolvidos a nível internacional, destaque para a recente implementação do sistema de pagamentos automáticos nacionais de São Tomé e Príncipe, um projecto abrangente e que constituiu um claro reconhecimento da qualidade e profissionalismo das equipas da SoftFinança.


Share:

Deixe o seu comentário