18721 0

Siemens é a empregadora mais atractiva da Europa na área da Engenharia

A Siemens acaba de ser classificada como o empregador mais atrativo da Europa na área da Engenharia pelo índice de atractividade de talentos “Europe’s Most Attractive Employers 2013”, realizado pela Universum e no âmbito do qual foram inquiridos mais de 100 mil estudantes de toda a Europa, das áreas da gestão e engenharia.

Um ambiente de trabalho inovador e progressivo, liderança forte, oportunidades de formação, presença internacional e segurança e estabilidade financeira foram alguns dos atributos que os estudantes envolvidos neste estudo consideraram mais atrativos e relevantes e que certamente contribuíram para catapultar a Siemens para a liderança do ranking, à frente do Grupo BMW e da IBM.

“O ranking mostra que os jovens europeus com mais formação querem trabalhar para grandes empresas internacionais, com marcas muito conhecidas”, disse João Araújo, gestor global de marketing da Universum, a empresa responsável pelo inquérito que esteve na origem do estudo e que trabalha a nível mundial com cerca de 1.200 empresas, incluindo muitas empresas da Fortune 500. A Universum colabora ainda com cerca de 500 universidades em todo o mundo para realizar pesquisas sobre as preferências de carreira e empregadores de talentos.

Décadas de aposta na formação

A escolha da Siemens enquanto a empresa mais atrativa para trabalhar por milhares de jovens a nível europeu é o reconhecimento do longo e intenso trabalho que a organização tem desenvolvido em várias geografias no âmbito da formação. Desde o programa Europeans@Siemens, no âmbito do qual durante o ano letivo 2013/2014, a Siemens AG vai receber em Berlim um total de 31 jovens vindos de 12 estados membros da União Europeia – incluindo Portugal – passando pela aposta na formação dual, seguindo o modelo alemão.

Neste âmbito, a Siemens está a formar cerca de 1.000 jovens em seis países europeus. Além da Áustria e da Suíça, existem programas no Reino Unido, Espanha, Portugal e Hungria.

Ensino Dual em Portugal há mais de duas décadas

A Siemens Portugal foi a primeira empresa a criar uma escola profissional com o ensino Dual alemão, há 20 anos, com a Câmara de Comércio Luso-alemã e o Estado português, que deu origem à ATEC, uma escola de formação que integra a Volkswagen, a Siemens e a Bosch. Esta escola tem em média cerca de 700 formandos por ano, e uma taxa de empregabilidade entre os 85 e os 100 por cento.

Por outro lado, a oferta de estágios na Siemens pretende dinamizar um ensino prático e profissional que proporcione uma experiência mais completa aos alunos e lhes abra efetivamente o leque de opções, criando oportunidades de emprego. A Siemens oferece oportunidades sobretudo nas áreas de Eletrónica, Automação, Mecatrónica, Gestão e Administração e, durante o ano fiscal que terminou em Setembro de 2013, a empresa recebeu 115 estagiários, dos quais cerca de metade participaram em estágios curriculares e os restantes em estágios profissionais.


Bruno Fonseca

Bruno Fonseca

Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Notícias Relacionadas

Schneider Electric lança nova versão do software StruxureWare

A Schneider Electric lançou o StruxureWare para Centros de Dados V2.0, um software integrado para Gestão da Infraestrutura de Centro de Dados (DCIM). Concebido para gerir os vários

ShoreTel Adquire Corvisa, fornecedora de Comunicações Unificadas na Cloud

A ShoreTel anunciou hoje que vai adquirir a Corvisa LLC.  Esta aquisição deverá acelerar o crescimento das receitas remotas da ShoreTel para o ano fiscal de 2017 em até

Bell Labs da Alcatel-Lucent lançam novo centro de I&D focado em cloud e SDN

Os Bell Labs vão abrir um novo centro de I&D no principal berço da inovação nos EUA – Silicon Valley. Uma equipa de investigadores dos Bell Labs vai

Ábaco Consultores reforça estratégia com novo escritório na Suíça

A Ábaco Consultores reforça a sua estratégia de negócio e abordagem ao mercado Europeu. Em conjunto com a empresa Suíça Besteam, a Ábaco Consultores, abre um escritório neste

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *