SIBS PayForward: candidaturas abrem hoje

A SIBS, em parceria com a Beta-i, anuncia que abrem hoje as candidaturas para o ‘SIBS PayForward’, um acelerador absolutamente inovador para FinTechs e o primeiro a ser feito em Portugal na área dos serviços financeiros em torno dos pagamentos.

 As inscrições abrem hoje e estendem-se até 31 de janeiro de 2017, e podem ser submetidas por via da plataforma F6S. A fase de seleção terá depois lugar até 24 de fevereiro e os 2 meses de aceleração decorrem entre o início de abril e junho de 2017.

Com a assinatura Smart Finance and Payments Accelerator, e sob o mote “Ready to move worldwide financial solutions forward?”, este primeiro projeto acelerador da SIBS compreende um programa de aceleração de 2 meses, montado em torno das comprovadas metodologias e know-how do maior acelerador de startups em Portugal.

Este programa foi desenhado para startups da área das FinTech, focadas em soluções inteligentes de pagamentos e financeiras, com protótipo funcional, que podem ou não já ter utilizadores e vendas ativas.

“Vamos valorizar as equipas que demonstrem ter as competências para desenvolver a sua solução em conjunto com a SIBS, que consigam dar resposta aos desafios de negócio da SIBS, e as equipas que estejam disponíveis para dedicar tempo e empenho no crescimento do seu negócio. Ponto prévio, só serão aceites as startups que tenham disponibilidade para estar em Portugal em alguns dos momentos chave do programa”, esclarece Manuel Tânger, Head of Innovation da Beta-i.

“Este programa está ligado ao ADN da SIBS, fundada como uma startup há 30 anos. Como líder no sistema de pagamentos, a SIBS tem para oferecer aos empreendedores o know-how certo e o acesso ao mercado potencial constituído pelo sector financeiro. Com o âmbito mundial deste programa, pretendemos contribuir para que as FinTech optem por Portugal e encontrem na SIBS o seu parceiro privilegiado, nomeadamente na vertente dos pagamentos”, explica Maria Antónia Saldanha, Diretora de Comunicação da SIBS.

O ‘SIBS PayForward’ pretende selecionar 25 startups que, depois do ‘bootcamp’, passam a 10 finalistas, que seguem para a fase de aceleração. As equipas escolhidas para fazer parte do acelerador vão ter 8 semanas de coaching individual e sessões de prática de pitch. Vão também ser submetidas a vários workshops & sessões de mentoring, relevantes para o desenvolvimento do modelo de negócios e ajustamento dos produtos ao mercado, no quadro de tópicos escolhidos para cada semana.

O programa inclui ainda o acesso a consultores da SIBS, o que, em conjunto com a rede Beta-i, significa o acesso a uma plataforma de mais de 200 mentores e mais de 500 startups, bem como a eventos de topo dentro desta área.

Related Post

Leave a Comment:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *