30458 0

Seedrs faz parceria com incubadoras portuguesas para criar “via verde” do empreendedorismo

A Seedrs estabeleceu uma parceria com as principais incubadoras de Portugal. O acordo foi firmado com a Startup Lisboa, a Startup Braga, o UPTEC e o IPN, e tem como principal objetivo o fortalecimento e suporte do ecossistema empreendedor português, principalmente para soluções de investimento alternativas.

Esta parceria caracteriza-se por uma “via verde” e um maior acompanhamento, por parte da Seedrs, aos projetos encaminhados pelas parceiras, bem como ações de formação sobre equity crowdfunding junto das mesmas, além da criação de pontos de contacto e de parcerias a nível europeu.

O acordo foi firmado com a Startup Lisboa, com a Startup Braga, com o UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto, e com o IPN (Instituto Pedro Nunes).

“Esta parceria com as maiores incubadoras de Portugal representa mais um passo para fomentar, fortalecer e ajudar os empreendedores portugueses”, afirma Carlos Silva. Para o co-fundador e presidente da Seedrs, “através deste acordo poderemos contribuir com o nosso know-how e expertise, sobretudo como solução de investimento alternativa para as empresas”.

A Seedrs é hoje a maior plataforma de equity crowdfunding europeia, que junta empresas e investidores, abrindo assim a possibilidade a qualquer pessoa de investir em ações de novas empresas, PME’s e startups.

No ano passado, a Seedrs bateu vários recordes e gerou investimentos superiores a 100 milhões de euros nas campanhas que decorreram nos últimos doze meses provenientes de 14 países. No total, foram financiadas quase 160 campanhas através da Seedrs por investidores de 65 países que, com 45 mil investimentos concretizados, contribuíram, em média, com 2.230 euros.

Criada em 2011, a Startup Lisboa é uma incubadora de empresas com o objetivo de ajudar empreendedores a desenvolverem os seus negócios e empresas nas áreas da tecnologia, do comércio e do turismo. Já a Startup Braga é um hub de inovação desenhado para apoiar a criação e o desenvolvimento de projetos com elevado potencial empreendedor nos mercados internacionais.

Por seu turno, o UPTEC – Parque da Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto, estrutura basilar de apoio à transferência de conhecimento entre a Universidade e o mercado, promove a criação de empresas de base tecnológica, científica e criativa e atrai centros de inovação de grandes empresas nacionais e internacionais.

O Instituto Pedro Nunes (IPN), criado em 1991, promove a inovação na área científica e tecnológica, assumindo-se como instituição de ligação entre a Universidade de Coimbra e o mundo empresarial, com uma forte atuação na área da investigação aplicada através de laboratórios próprios, formação, Incubação e Aceleração de empresas de base tecnológica, criativa e inovadora.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

Sophos lança Tecnologia Anti-Exploit e Anti-Ransomware de última geração com o Intercept X

A Sophos anuncia o Sophos Intercept X, uma solução de segurança endpoint de última geração que impede ameaças de malware de dia zero, ataques furtivos, bem como variantes

OpenText lança novos produtos no mercado nacional

A OpenText lançou no mercado três novos produtos: OpenText Archive, OpenText Smart Process Applications e OpenText InfoFusion, que vão simplificar a gestão da informação empresarial. OpenText Archive Com

Siemens e Panasonic cooperam na produção de eletrónica de última geração

A Siemens e a Panasonic uniram-se para trabalhar em conjunto no desenvolvimento da produção digital para a indústria da eletrónica. As empresas aproveitaram a sua participação na feira

Novo SUSE Linux Enterprise Server para aplicações SAP já disponível

A SUSE anunciou a disponibilidade do SUSE Linux Enterprise Server para aplicações SAP, baseado no SUSE Linux Enterprise 12 Service Pack 1, como novas funcionalidades para um desenvolvimento

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *