19885 0

Seedrs gera investimento de 94 milhões de dólares a mais de 340 negócios em 2015

O ano de 2015 foi bastante positivo para a Seedrs, uma das principais plataformas de equity crowdfunding do mundo, com valores que espelham a sua crescente internacionalização e desenvolvimento orgânico. Nos últimos 12 meses, mais de 340 negócios, provenientes de 24 países, estiveram presentes na plataforma, para os quais foram angariados investimentos de cerca de 94 milhões de dólares. Para este volume de negócio contribuíram investidores de 75 países que realizaram mais de 38 mil investimentos.

Segundo a Seedrs, os diferentes negócios demoraram, em média, quatro semanas a obterem os fundos necessários, 37% dos quais disponibilizados por business angels e investidores institucionais e 63% por crowd investors.

Para a Seedrs, o ano foi também positivo em relação ao investimento na própria empresa. A plataforma angariou igualmente 14,6 milhões de dólares em Séries A, lideradas pela Woodford Patient Capital Trust e a Augmentum Capital, às quais se juntaram centenas de crowd investors, transformando esta operação no maior investimento institucional realizado até agora numa plataforma de equity crowdfunding europeia.

A idade média dos investidores da Seedrs ronda os 40 anos e investem sobretudo no setor do comércio eletrónico, tecnologia, alimentação e bebidas e finanças. O seu portfólio de investimento conta, em média, com sete investimentos, sendo que o maior portfolio regista 245 negócios.

Cada negócio conta, em média, com a ajuda de 189 investidores, embora os 10 maiores negócios operados na plataforma tenham registado uma média de 496 investidores cada.

Valores sem dúvida surpreendentes, que levaram a um crescimento orgânico da empresa, que conta agora com uma equipa de 40 colaboradores, provenientes de oito países e distribuídos por três escritórios diferentes.

Para Carlos Silva, co-fundador e presidente da Seedrs, “fechamos o ano de 2015 com números recorde, acima das nossas expectativas, o que demostra que o equity crowdfunding se consolidou como forma alternativa e eficaz no financiamento e investimento em empresas na Europa”.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

GSTEP distinguida como uma das 100 Melhores Empresas para Trabalhar em Portugal

A GSTEP foi distinguida pela prestigiada revista EXAME como uma das 100 Melhores Empresas para Trabalhar em Portugal. O processo teve início em março e foi realizado a

NEC apresenta o ecrã de grande formato MultiSync V463

A NEC revela o MultiSync V463, um dos primeiros ecrãs de grande formato com um painel LCD profissional com Edge LED backlights. A nova tecnologia de backlight permite reduzir

Indra colabora na 13ª edição do concurso Robot bombeiro do Instituto Politécnico da Guarda

A multinacional de consultoria e tecnologia Indra vai colaborar na 13ª Edição do Concurso Nacional de Robótica do Instituto Politécnico da Guarda. Pelo segundo ano consecutivo, a Indra

Xerox apresenta o ConnectKey

A Xerox apresentou o ConnectKey, um sistema de software integrado sobre os equipamentos multifunções Xerox e um conjunto de soluções que respondem às necessidades especificas dos ambientes de

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *