Seedcamp investe em mais três startups Portuguesas

7744
0
Share:

O Seedcamp trazido para Portugal pela Beta-i, investiu em mais três startups nacionais (Popcorn Metrics, Zercatto e Cashtag) após a presença destas no Seedcamp Lisboa e na final do Seedcamp Berlim, onde competiram com outras startups internacionais. Como resultado, Portugal passou para a segunda posição dos países com mais investimentos por parte deste fundo inglês (sete no total), quando há 12 meses não existia qualquer investimento.

Estas três startups juntam-se agora às startups portuguesas, também elas apoiadas pela Beta-i, Modelo3, CrowdProcess, Codicy e Hole19, que foram escolhidas no Seedcamp Lisboa, em novembro de 2012. Desde a sua criação, em 2007, o Seedcamp teve mais de 8,000 candidaturas de mais de 70 países diferentes. De todos estes, apenas 111 empresas ganharam financiamento por parte deste fundo de investimento, do qual fazem parte investidores internacionais, tais como a Index Ventures.

Nas duas edições do Seedcamp Lisboa, o número de candidaturas aumentou de 96, em 2012, para 280, em 2013. Este ano, do total de candidatos, apenas 60 eram portuguesas. Isto evidencia um interesse cada vez maior por parte de startups internacionais em virem para Lisboa, assim como nos programas da Beta-i, que tem visto o número de candidaturas aumentar significativamente de programa para programa.

As três Startups que agora fazem parte da família do Seedcamp são:

Popcorn Metrics (http://www.popcornmetrics.com/) Esta plataforma visa facilitar o processo de web analytics. Permite às empresas monitorizar o comportamento dos utilizadores sem necessidade de alterar o código do website. Dirige-se a gestores e marketers de forma a que estes possam monitorizar o seu website de forma rápida e simples, sem gastar tempo em programação desnecessária.

Zercatto (http://www.zercatto.com/) Sedeada no Porto, esta é uma comunidade online que ajuda qualquer pessoa a criar e gerir a sua própria carteira de forma fácil, e partilhá-la globalmente com outros investidores. O Zercatto foi criado para formar uma comunidade das melhores carteiras de investimento no mundo todo, e fazer com que investidores com qualquer dimensão de carteira possam seguir essas carteiras e aprender com elas.

Cashtag (http://www.thecashtag.com/) Esta startup lisboeta criou uma rede de pagamentos móveis, que permite a qualquer pessoa com smartphone enviar, pedir e aceitar dinheiro, de forma gratuita e fácil. A rede assenta nos sistemas europeus de pagamento e liga as contas bancárias aos seus servidores de forma segura. É possível enviar dinheiro ou faturas a números de telefone, email ou contas de Facebook ou Twitter.

Pedro Rocha Vieira, Presidente da Beta-i, sublinhou: “É com grande orgulho que a Beta-i congratula o reconhecimento da qualidade dos empreendedores e das startups portuguesas, que tem catalisado ao longo dos últimos anos e que, finalmente, começam a vingar na esfera internacional. Resultados como este demonstram que, em Portugal, existe talento, projetos com potencial e que despertam a atenção de investidores internacionais.”


Share:

Deixe o seu comentário