Schneider Electric lança nova gama de UPS monofásicas Smart-UPS On-Line

11088
0
Share:

A Schneider Electric lançou a sua nova gama de Smart-UPS On-Line UPS 5-10 kVA. As unidades 6-10 kVA são as primeiras UPSs monofásicas da empresa com capacidade de potência unitária, enquanto as UPS de 5 kVAs têm um fator de potência de 0.9.

“Com o aumento constante dos custos energéticos, bem como da preocupação com a eficiência, os profissionais de TI e de infraestruturas ambicionam minimizar o desperdício, assegurando, simultaneamente, a compatibilidade entre infraestrutura e requisitos de carga”, referiu João Rodrigues, Vice-Presidente do IT Business da Schneider Electric. “As nossas UPS com fator de potência unitário reduzem o desperdício e também a complexidade no que toca à proteção de alimentação elétrica específica. Com fator de potência unitário, estas unidades fornecem maior potência real face à correção de potência ativa proporcionada pelas fontes de alimentação comutadas que encontramos normalmente na maior parte dos servidores de TI e equipamentos de rede”.

As novas Smart-UPS On-Line oferecem uma qualidade da alimentação elétrica e um desempenho eficientes com uma pegada ecológica reduzida. A flexibilidade do seu design permite a configuração em rack ou em qualquer outra posição, o que torna esta UPS de fácil instalação, operação e manutenção em qualquer tipo de ambiente. A gama tem também um cartão de gestão de rede embutido, que permite a adição de acessórios e opções de comunicação de forma conveniente.

Ideais para uma vasta gama de aplicações, desde salas de redes e servidores, a pequenos escritórios e também para fins de proteção da alimentação elétrica, as novas Smart-UPS Online utilizam topologia on-line de dupla conversão. Este design de alta disponibilidade, com o qual o inversor fornece saída com potência regulada de forma contínua, implica que a UPS possa ser utilizada para proteger equipamentos que sejam pouco resistentes e sensíveis a qualquer quebra na voltagem ou a variações na frequência (por exemplo, equipamentos com cargas de potência lineares ubíquas encontradas nas indústrias do processamento e controlo).

Porém, e dado que a maior parte dos computadores e dos equipamentos de rede conseguem suportar facilmente pequenas quebras na voltagem (>20ms), as Smart-UPS On-Line podem também ser operadas em modo “eco”* – de alta eficiência. Quando fixas, as operações em conversão dupla são contornadas de forma a permitir uma eficiência de 97%. Assim se reduz o consumo de energia e os custos associados, mas também a refrigeração necessária, uma vez que as máquinas têm menos perda de calor. A descida da temperatura faz também com que o ciclo de vida de alguns componentes-chave aumente, nomeadamente o das baterias.

Um LCD gráfico com fundo multicor exibe o estado da UPS em tempo real e de forma rápida. Este LCD faz também diagnósticos e regista informações que podem ajudar na identificação de problemas na alimentação elétrica e que podem resultar em tempos de paragem. De forma a otimizar as operações e a monitorização da energia, estas unidades possuem também um registo de energia consumida.

A nova gama de Smart-UPS On-Line possui ainda Gestão Inteligente das Baterias com previsão da sua necessidade de Substituição, que adapta de forma contínua a utilização das mesmas, de forma a prolongar-lhes o ciclo de vida, permitindo também aos utilizadores verificar o estado de cada uma das baterias (incluindo as externas) e emitindo alertas sempre que é necessário fazer a sua substituição. Em caso de falha, um interface permite a localização rápida da bateria a substituir, recomendando também a substituição das outras baterias em simultâneo. As baterias são hot-swappable e podem ser substituídas sem que a operação seja interrompida.

A nova gama possui também um tempo de carregamento reduzido, sendo possível alcançar um tempo de operação bastante elevado em instalações onde os problemas de alimentação elétrica crónicos podem culminar em quebras de potência sucessivas num curto espaço de tempo. Adicionalmente, a UPS consegue operar com ou sem uma bateria carregada para garantir o reinício assim que a alimentação elétrica for restabelecida.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário