19303 0

Schneider Electric lança fundo ambiental com AXA IM, Mirova e Neuflize OBC Investissements

A Schneider Electric lança fundo ambiental de 200 milhões de euros, com maturidade a 10 anos e um cupão de 1,841% em parceria com a AXA Investment Managers (AXA IM), a Mirova e a Neuflize OBC Investissements. Green Bond PrinciplesEste compromisso, destinado a investidores assinantes do Green Bond Principles e do Global Investor Statement on Climate Change, foi gerido em conjunto pela Crédit Agricole CIB e pela Natixis.

O objetivo do compromisso, criado pela Schneider Electric, consiste no financiamento de programas de I&D dedicados ao desenvolvimento de tecnologias que permitam aos clientes do Grupo alcançar níveis mais reduzidos de emissão de CO2. Este é o primeiro compromisso ambiental dedicado a financiar programas de redução da taxa de carbono.

A luta contra a alteração climática através do desenvolvimento de soluções de eficiência energética e redução de CO2 é parte da atividade e estratégia da Schneider Electric há vários anos. A Schneider Electric ajuda os seus clientes a reduzirem as emissões de CO2, através de soluções que suportam os seus objetivos de negócio. Adicionalmente, até ao final de 2017, 100% das soluções que constituem a oferta da Schneider Electric vão conter uma estimativa clara do seu impacto e ganhos que permitem em termos de CO2.

As tecnologias abrangidas por este compromisso ambiental concernem áreas de especialização em que a Schneider Electric apresenta elevados níveis de experiência e competências, permitindo uma robusta avaliação da poupança de CO2 possível para o cliente final. Os programas de I&D selecionados visam o desenvolvimento de novas tecnologias que acrescentem valor em pelo menos uma das seguintes áreas:

  • Eficiência energética;
  • Produção de energia com reduzida emissão de CO2, através da conecção de soluções de energia renovável;
  • Reduzida emissão de gases com efeito estufa;
  • Reduzida intensidade de recursos.

A Schneider Electric compromete-se a comunicar e reportar as aplicações do fundo e estimativas ex-ante dos benefícios climáticos previstos. A participação da Vigeo foi integrada no alinhamento do compromisso com os Green Bond Principles e na sustentabilidade da transação. O compromisso prevê ainda certficados de auditoria anuais sobre as aplicações do fundo e a verificação externa dos indicadores do Planet & Society Barometer.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

Amazon lança uma campanha que permite às empresas portuguesas vender e expandir o seu negócio em toda a Europa

A Amazon anunciou uma campanha para atrair empresas portugueses de qualquer dimensão, que lhes permitirá facilmente vender os seus produtos nos cinco sites europeus da marca. Através de

Claranet cria nova unidade de negócio de Segurança, com integração da Globinnova

A Claranet anunciou a integração de todo o portfolio e colaboradores da Globinnova, no intuito de reforçar umas das suas apostas estratégicas para este ano: Cybersecurity. No âmbito deste

Nova versão do PHC CS consolida internacionalização e reforça aposta nas soluções web

A PHC lança a versão mais recente do PHC CS. Esta versão alarga a disponibilização da solução de contabilidade também a Espanha e ao Peru, e está alinhada com

PHC transforma escritórios de Lisboa, Porto e Madrid em praia

A PHC  promoveu o dia “Verão na PHC”, em que transformou os seus escritórios no Lagoas Park, no Porto e em Madrid numa praia. A empresa convidou todos

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *