Schneider Electric e a sua Fundação promovem o empreendedorismo energético em África

18128
0
Share:

A Schneider Electric juntamente com a sua Fundação, estabeleceram uma parceria com a Energy Generation para promover e desenvolver projetos de acesso à energia idealizados por jovens africanos empreendedores.

A Energy Generation tem como objetivo identificar, desenvolver e distribuir massivamente soluções africanas de eletrificação, apoiando, simultaneamente, jovens empreendedores africanos. Baseada em Lomé, Togo, a organização atua em duas vertentes:

  • Em primeiro lugar, criou o Africa Energy Generation Prize, um concurso pan-africano para criadores de soluções não convencionais de geração de energia. Para o primeiro prémio em 2016, 40 “embaixadores” deslocaram-se a África com o intuito de descobrir projetos inovadores, tendo resultado na apresentação de 40 projetos de 16 países e na seleção de 10 empreendedores.
  • Adicionalmente, a associação criou a Energy Generation Academy, uma incubadora com sede em Lomé, com o objetivo de proporcionar aos 10 empresários seleccionados o apoio, durante um ano, para desenvolver os seus projetos, conhecimentos técnicos e as suas capacidades de gestão.

No âmbito do seu programa de Acesso à Energia e de Empreendedorismo, a Schneider Electric apoia a organização do Africa Energy Prize através da sua Fundação e compromete-se a contribuir para o desenvolvimento da incubadora em Lomé. A especialista global em gestão de energia e automação irá equipar os laboratórios técnicos e disponibilizar conteúdos de formação. A Schneider Electric Teachers, uma associação sem fins lucrativos fundada pela Schneider Electric e a sua Fundação, promoverá o trabalho voluntário e a partilha de conhecimentos entre os colaboradores e os reformados do Grupo. Os participantes voluntários treinarão os empreendedores em competências de electricidade e gestão, ao mesmo tempo que ajudarão a desenvolver os seus protótipos.

A Energy Generation pretende selecionar 10 empreendedores para o seu programa em 2016, 20 em 2017 e 30 em 2018.

Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário