15229 0

Schneider Electric entre as 100 empresas mais éticas do mundo

O Ethisphere Institute selecionou uma vez mais as cem multinacionais do universo empresarial global que mais se destacaram pelo seu compromisso e empenho ético. Pelo terceiro ano consecutivo, os esforços da Schneider Electric na promoção da responsabilidade e dos padrões éticos foram reconhecidos, tendo sido atribuído à empresa o título de uma das 100 empresas mais éticas do mundo.

O papel preventivo da abordagem da Schneider Electric versa sobre uma recomendação comum publicada em 2002 e revista em 2009: o guia “Os nossos Princípios de Responsabilidade”, distribuído em Portugal. Este documento inclui todas as recomendações frequentes em termos de comportamento responsável e cumprimento de padrões éticos, aquando da gestão de um negócio.

Além da divulgação generalizada do documento, dentro da empresa, o grupo Schneider criou um Programa de Responsabilidade e Ética (Responsibility and Ethichs Dynamics (R&ED) programme), de modo a ajudar os seus funcionários a gerir situações que envolvam um dilema ético. O R&ED formaliza processos de questionários, que permite que as perguntas e os assuntos relevantes sejam partilhados com os interlocutores mais indicados.

Por outro lado, um módulo de e-learning, utilizado por quase 3.000 funcionários, proporciona o aprofundamento e a aplicação dos conceitos do guia de princípios de responsabilidade, em contextos operacionais.

Para a Schneider Electric Portugal, esta designação é uma recompensa pelos vários anos de trabalho no âmbito da implementação e sustentação de práticas de negócios verticais e iniciativas que suportam o sucesso do Grupo e elevam a fasquia para os padrões éticos dentro da indústria”, explica David Claudino, Country Manager da Schneider Electric Portugal.

Um comité de regulamentação garante a implementação do programa R&ED, ao mesmo tempo que um comité de cumprimento dá liberdade aos sócios da empresa para pôr em prática os procedimentos de alerta, sem comprometer a sua identidade. Para a implementação deste programa a Schneider Electric iniciou a organização de uma “hotline” através de uma terceira entidade que acolhe as iniciativas de expressão dos colaboradores relativas aos temas relacionados com a ética e valores subscritos pelo Grupo: a linha de contato «Responsibility & Ethics Dynamics Line» – R&ED Line, também disponível em Portugal através da Intranet Schneider Electric.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

Donald Farmer é o orador convidado do 1º Evento da Bituga

A QlikTech anunciou que Donald Farmer, orador de renome em eventos internacionais sobre temas como analytics e data management, information quality, metadata intelligence e predictive analytics, e ainda VP

Altran investe 12 milhões de euros em Portugal e cria 200 postos de trabalho

A Altran acordou com o Governo de Portugal um novo investimento, de 12 milhões de euros, que vai  permitir criar  200 novos  postos  de trabalho.  Os novos empregos,

Truewind fecha parceria com Highland Solutions e entra nos EUA

A Truewind acaba de assinar uma parceria com a norte-americana Highland Solutions para alargar a sua estratégia de internacionalização e de expansão de operações aos EUA. A meta

Enterasys implementa WIFI de alto desempenho

A Enterasys anunciou o projecto de implementação de uma rede wireless de alto desempenho no estádio Lincoln Financial Field de Filadélfia, sede da equipa de futebol americano Philadelphia

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *