Schneider Electric cria compromisso climático American Business Act on Climate Pledge

25080
0
Share:

A Schneider Electric cria compromisso climático American Business Act on Climate Pledge, no seguimento da participação no “White House Summit on Climate and the Road through Paris”.

O Summit reuniu líderes de governo, setor privado, ensino e de comunidades técnicas e científicas, tendo como enfoque os esforços entre setores para fazer face às alterações climáticas nos Estados Unidos e em todo o mundo. Os participantes discutiram ainda formas de criar maior comprometimento e de organizar o apoio às futuras negociações climáticas, a ocorrerem durante o COP21, em Paris.

Durante o Summit, a Schneider Electric anunciou a criação do American Business Act on Climate Pledge. O compromisso climático reúne mais de 60 empresas da economia Americana que apoiam a Administração Obama no compromisso contínuo na ação para a resposta às alterações climáticas e no suporte às negociações climáticas no COP21 Paris.

“Sentimo-nos encorajados pelo crescimento do número de países que já definiram objectivos significativos no âmbito da ação climática. É neste contexto que apoiamos a concretização de um acordo no âmbito das alterações climáticas, em Paris, que representa um forte passo em frente para um futuro sustentável, com baixos níveis de carbono,” declara Jean-Pascal Tricoire, Presidente e CEO da Schneider Electric.

Com o American Business Act on Climate Pledge, a Schneider Electric compromete-se a:

  • alcançar poupança de 10% de energia até ao final de 2017, ao reduzir a intensidade de consumo energético da empresa;
  • evitar a emissão de 120 000 toneladas de CO2 através da gestão de equipamentos em fim de vida, até ao final de 2017;
  • que 75% dos produtos em I&D sejam desenhados como Green Premium, com uma ecolabel, e que 75% da receita de produtos seja originada por produtos Green Premium até ao final de 2017;
  • zero deposição de resíduos em aterros, por parte de 100 instalações industriais, até ao final de 2017;
  • promover o acesso de 50 milhões de pessoas em dificuldades financeiras a iluminação e sistemas de comunicação com baixas emissões de carbono até 2023, através do programa Access to Energy;
  • investir mais de 11 mil milhões de dólares em I&D para inovação e sustentabilidade, ao longo de 10 anos.

Além dos esforços diários para a sustentabilidade, e do compromisso American Business Act on Climate Pledge, a Schneider Electric trabalha com milhares de clientes globais para reduzir o seu consumo de energia e torná-los energeticamente mais eficientes.

Alguns exemplos nos Estados Unidos:

  • O Davis School District, no Utah, engloba 75 escolas básicas e, 11 escolas secundárias e edifícios administrativos – ao todo, mais de 90 edifícios e mais de 929 mil metros quadrados. Com a implementação dos Building Management Systems da Schneider Electric, o Davis School District assistiu ao crescimento do seu espaço em 18% e à redução do consumo de energia em 7%, num período de 2 anos.
  • A North Carolina State University (NCSU) tem 34 000 estudantes matriculados. A Schneider Electric foi selecionada pela NCSU com vista à redução do consumo de energia, à realização das atualizações necessárias ao edifício em termos de energia e, em consequência, a poupar dinheiro à universidade em fatura de electricidade. Ao aplicar uma combinação de soluções digitais, atualizações a nível de iluminação, aquecimento térmico solar e um sistema de gestão de energia, a NCSU está a atingir os seus objetivos, além de ter reduzido as emissões de carbono em 37%.
  • A cidade de Boston está a trabalhar com aplicações de software integrado da Schneider Electric para a gestão de energia e sustentabilidade. A Schneider foi selecionada como Enterprise Energy Management System (EEMS) para todas as operações da cidade. As soluções permitem à cidade uma melhor monitorização, gestão e reporting de eletricidade, gás natural, água, saneamento e outras fontes de dados, a nível industrial e residencial. A operação da cidade de Boston é ampla e complexa, sendo que o apoio da Schneider Electric permite a monitorização e gestão de uma vasta rede, que inclui:
    • 350 instalações;
    • 64 000 postes de iluminação de rua e semáforos em 850 interseções;
    • Todos os 3 100 veículos e autocarros na sua frota.

 


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário