Schneider Electric apresenta as suas soluções para Ambientes Marítimos

10032
0
Share:

A Schneider Electric apresentou as suas soluções para ambientes marítimos. Embora não seja um tema amplamente discutido, os ambientes marítimos, sejam uma plataforma petrolífera, um navio de transporte, um cruzeiro ou até um porto, necessitam de soluções de protecção da alimentação altamente fiáveis para qualquer situação imprevista que possa ocorrer.

Esta questão torna-se ainda mais importante quando falamos em navios, nos quais é imperativo garantir a segurança a bordo. Por outro lado, as normas aplicáveis a este sector também têm vindo a ser cada vez mais exigentes, nomeadamente ao nível do aumento da disponibilidade dos equipamentos e a sua eficiência energética.

A pensar nesta questão, a Schneider Electric desenvolveu várias soluções que vão ao encontro das necessidades de protecção da alimentação elétrica, que podem ser customizadas e que são complementadas com um suporte técnico premium.

Assim, a Schneider Electric dispõe de soluções para as seguintes áreas de um navio:

  • Iluminação transitória de emergência;
  • Sistemas de propulsão e automação: para todo o tipo de navios mercantes e de passageiros;
  • Assistência em terra: com conversão de frequências para navios ancorados;
  • Aplicações SOLAS (Convenção Internacional para a Salvaguarda da Vida no Mar): para navios mercantes e de passageiros;
  • Filtro ativo de baixa tensão contra poluição harmónica;
  • Sistemas de navegação e transmissão: também para navios mercantes e de passageiros;
  • Sistemas de som e iluminação – computação de gestão: apenas para navios de passageiros.

No que respeita a equipamentos para ambientes marítimos, a Schneider Electric recomenda:

  • UPS monofásicas: de alta densidade e performance, adequada para qualquer aplicação;
  • UPS trifásicas centralizadas: de alta qualidade, de forma a assegurar a melhor operação de todas as aplicações. Tem também uma área de implementação reduzida, de forma a facilitar a sua instalação em espaços pequenos;
  • Arquitetura InfraStruxureTM, modular: com alimentação, arrefecimento e distribuição elétrica incluída, e construída com redundância N+1, de forma a garantir mais disponibilidade. Os seus componentes são standard, acelerando e facilitando a sua instalação e manutenção;
  • Filtros ativos anti-harmónicos: para uma operação mais fiável no que toca às aplicações. Construído em tamanho reduzido, de forma a facilitar a sua integração numa instalação já existente, e com correção do fator de potência, de forma a fomentar a poupança energética.

Dentro das soluções específicas para os ambientes marítimos, a Schneider Electric garante uma instalação e acompanhamento únicos, através da adaptação de cada infraestrutura às necessidades específicas do cliente, e do suporte da equipa técnica, que foi especificamente formada para este tipo de ambientes.

O facto de cada instalação poder ser personalizada para as necessidades e objetivos do cliente permite a criação de infraestruturas com as dimensões corretas, o que concorre para a eficiência energética, reduz os custos de operação e manutenção e, claro, ajuda o ambiente.

“O crescimento da indústria marítima levou à criação de normas mais exigentes, mas existem muitos navios que não as cumprem e dispõem de sistemas elétricos quase obsoletos, ou completamente desadequados à dimensão do navio”, referiu Maria de Lurdes Carvalho, Vice Presidente do IT Business da Schneider Electric. “É necessário, por isso, continuar a alertar para a importância da inclusão deste tipo de sistemas nos navios, uma vez que estamos, não só a falar da segurança dos navios, mas também dos próprios passageiros”.

O Queen Mary 2 é um dos navios que já se encontram equipados com as soluções de proteção da alimentação elétrica da Schneider Electric. Saiba mais informações em www.apc.com


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário