SAS é a Melhor Empresa do Mundo Para Trabalhar

9768
0
Share:

O SAS alcançou o primeiro lugar no ranking mundial das Melhores Empresas Multinacionais para Trabalhar do Great Place to Work. A empresa foi distinguida pelas práticas únicas de excelência na gestão do capital humano, bem como pelas condições que proporciona para o equilíbrio entre a vida profissional e pessoal dos seus colaboradores.

“Este reconhecimento vem reforçar os nossos esforços de incentivo à criatividade e inovação a nível mundial, independentemente do país onde nos encontramos”, afirma Jim Goodnight, CEO do SAS. “O feedback dos nossos colaboradores foi fundamental para alcançarmos o primeiro lugar deste ranking. Isto significa que os nossos colaboradores valorizam a empresa, tanto como a empresa os valoriza. E reflecte também o quanto valorizamos os nossos clientes”.

O SAS tem sido reconhecido mundialmente pelo Great Place to Work. No ano passado, o SAS garantiu o segundo lugar no ranking mundial das Melhores Empresas Multinacionais para Trabalhar. Já este ano, o SAS Bélgica e o SAS Suécia ficaram posicionados no primeiro lugar dos seus rankings locais das Melhores Empresas para Trabalhar. A sede da empresa nos Estados Unidos e o SAS Noruega alcançaram o primeiro lugar nos seus rankings locais das Melhores Empresas para Trabalhar em 2010 e 2011. Em 2012, o SAS Portugal, SAS Suécia, SAS Bélgica, SAS Suíça, SAS Canadá, SAS Finlândia, SAS França, SAS Grécia, SAS Índia, SAS Itália, SAS Estados Unidos, SAS México, SAS Holanda e SAS Polónia ficaram entre os primeiros lugares do ranking das Melhores Empresas para Trabalhar.

“Desde 2002 que o SAS Portugal participa nas avaliações anuais do Great Place to Work, e é com um enorme orgulho que contribuímos para este reconhecimento do SAS a nível mundial”, afirma Álvaro Oliveira de Faria, Director Geral do SAS Portugal. “As pessoas são o nosso bem mais precioso, como tal manifestar-lhes este reconhecimento está no topo das prioridades diárias do SAS Portugal”. Para este responsável, “numa economia em recessão, manter os colaboradores satisfeitos é um desafio e um factor crítico de sucesso para a continuidade e crescimento do negócio”.

“As empresas reconhecidas neste segundo ranking anual, a nível mundial, das Melhores Empresas Multinacionais para Trabalhar têm criado locais de trabalho que promovem a confiança, o orgulho e a camaradagem entre os seus colaboradores”, afirma Susan Lucas-Conwell, CEO Global do Great Place to Work. “A sua inclusão neste ranking demonstra o seu compromisso de continuar a melhorar as vidas dos seus colaboradores e de continuar a estabelecer novos padrões inovadores para os locais de trabalho do futuro”.

Para serem elegíveis, as empresas devem constar em cinco ou mais rankings locais do Great Place to Work no ano anterior, e ter mais de 5.000 colaboradores em todo o mundo, com pelo menos 40% a trabalharem fora do país de origem da empresa. As empresas do ranking mundial das Melhores Empresas Multinacionais para Trabalhar são avaliadas pelos seus colaboradores e têm excelentes práticas e políticas de Recursos Humanos que sustentam uma cultura de confiança.

 


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário