34047 0

Samsung apresenta projeto mSign e inaugura Innovation Center

Os utilizadores de smartphones Samsung vão poder assinar digitalmente documentos e efetuar contratos com valor legal. O projeto piloto foi desenvolvido em Portugal pela Multicert e pela Samsung e foi apresentado hoje na inauguração oficial do Samsung Innovation Center, na sede da Samsung, em Oeiras.

Com o mSign, os utilizadores de smartphones  Samsung Galaxy S8, S8+ e Galaxy Note 8 podem a partir de agora obter uma assinatura digital e assinar validamente contratos e outros documentos diretamente nos seus smartphones, de forma segura e com toda a simplicidade.

 

Em variadas situações, o mercado já utiliza equipamentos móveis como tablets e canetas digitais. Tipicamente, o cliente desloca-se ao local designado pelo prestador de serviço, senta-se com o responsável comercial, insere o cartão de cidadão no leitor de cartões ligado a um tablet ou computador (que lê a informação do cartão) e, após preencher e validar os dados, assina com uma caneta digital ou imprime o contrato para o assinar em papel. Este contrato em papel é depois digitalizado para ser incluído em sistema. O mSign pretende vir a alterar este paradigma.

O projeto conjunto da Samsung e da Multicert conjuga várias camadas de segurança que respondem aos standards mais exigentes do mercado. É um sistema com valor legal que integra desde já o uso de um Certificado Digital Avançado, emitido pela Multicert, com a utilização da tecnologia biométrica de reconhecimento da impressão digital ou da íris, para autenticação, incluída nos mecanismos avançados de segurança do sistema Knox em smartphones Samsung. No contexto de uma empresa, o mSign, pode já ser utilizada em processos internos de aprovação que requeiram assinatura digital avançada.

No roadmap da aplicação está já a Certificação Digital Qualificada – assinatura digital que tem valor equivalente à assinatura presencial manuscrita – prevista para o primeiro trimestre de 2018.

 


Bruno Fonseca

Bruno Fonseca

Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Notícias Relacionadas

CyberArk apresenta novas e avançadas capacidades de deteção de ameaças internas

A CESCE SI divulga as novas e avançadas capacidades de deteção de ameaças internas, através da CyberArk Privileged Account Security Solution, para detetar automaticamente e alertar para atividade

Exclusive Group aposta no mercado norte-americano

A Exclusive Networks lança a sua marca “Disruptive Distribution” para o mercado dos EUA, nomeando o bem-sucedido responsável de canal Patrick Huth como Vice-Presidente de Alliances Americas. Este

Parfois entra na era da transformação digital com a PRIMAVERA BSS

A tecnologia cloud de gestão de ativos desenvolvida pela Valuekeep, uma empresa do grupo PRIMAVERA foi selecionada pela multinacional de acessórios de moda Parfois para gerir os processos

Pai do Android deixou Google por má conduta sexual

As questões relacionadas com má conduta sexual, estão definitivamente na moda e chegaram agora a Andy Rubin, o criador do Android. Segundo o jornal, The Information, Rubin deixou

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *