SAFIRA e ADENE em projeto de sustentabilidade ambiental

9064
0
Share:

A SAFIRA anunciou sua participação no Sistema de Etiquetagem Energética de Produtos (SEEP), um projeto promovido pela Agência para a Energia (ADENE) que permite comparar o desempenho energético de produtos pela sua classificação energética, servindo como instrumento de incentivo à melhor escolha e a uma maior poupança na fatura das famílias com a energia em suas casas. A etiqueta classifica o desempenho energético numa escala de “G” (menos eficiente) a “A” (mais eficiente). O SEEP incide prioritariamente sobre produtos não regulados pela Diretiva de rotulagem energética e com influência no consumo energético nos edifícios. O primeiro produto com etiqueta energética do SEEP são as janelas.

A SAFIRA é o parceiro da ADENE responsável pela implementação do projeto, desenvolvendo um algoritmo de classificação energética de produtos que, a partir das características dos equipamentos, calcula o respetivo desempenho, gera a etiqueta que será colada no equipamento do fabricante e emite a faturação associada, comunicando com os sistemas de faturação e de pagamento automático.

O projeto contou com 9 Consultores da SAFIRA e 8 da ADENE durante as diversas fases do projeto, desde a sua prototipagem em finais de 2012 até à entrada em produção no primeiro semestre de 2013.

Porquê a certificação energética de janelas
Hoje em dia, a comunicação do potencial energético das janelas ainda apresenta fortes possibilidades de melhoria e, muitas vezes, a perceção do consumidor final sobre a sua mais-valia encontra-se apenas em expressões como “vidro duplo” ou “corte-térmico”. Importa por isso garantir que as (pequenas) reabilitações ou obras de melhoria realizadas nos edifícios incorporem a escolha de produtos eficientes, sendo que a etiquetagem será um importante instrumento para estimular essa procura. A crescente utilização de janelas com classes mais eficientes de desempenho, quer por opção dos consumidores, quer por sugestão dos próprios fabricantes ou instaladores, irá potenciar importantes economias de energia para o país e a redução da fatura energética das famílias. Se a isso adicionarmos o facto de as janelas mais eficientes também proporcionarem melhor conforto e a redução do ruído, temos ainda maior valor acrescentado na escolha de janelas com melhores classes de desempenho.

De acordo com Filipe Vasconcelos, Diretor Geral da ADENE, “A colaboração com a SAFIRA revelou-se muito produtiva e incrivelmente eficiente. A ADENE tem procurado a inovação e a criação de novas ferramentas que sirvam o mercado e busquem a diferenciação do cluster de engenharia de Portugal, cumprindo a missão da ADENE de servir a cadeia de valor da energia e da eficiência energética em Portugal. Este sistema tem sido muito elogiado por toda a comunidade de utilizadores e pensamos, desde já, estender o seu âmbito a outras categorias de produtos. Temos tido várias abordagens de algumas instituições além-fronteiras para a internacionalização e exportação da plataforma, o que, nesta conjuntura económica, muito significa para todas as empresas envolvidas na sua criação e operação corrente.”

Após uma avaliação financeira, a ADENE decidiu que a opção Cloud seria a mais indicada para o projeto, já que não implica uma pesada infraestrutura própria, tem a flexibilidade de evoluir à medida das suas necessidades e o investimento inicial é bastante mais reduzido. O projeto foi assim desenvolvido com tecnologia Microsoft .NET e SharePoint sobre Microsoft Azure com base de dados Microsoft SQL Server (incluindo reporting services e analysis services) e Web services.

Uma vez que o processo de emissão de etiquetas energéticas tem um fee associado, a ADENE estima obter o retorno do investimento do projeto durante o 2º ano de operacionalização.

O primeiro produto com etiqueta energética do SEEP são as janelas, mas existe a previsão de certificar energeticamente outros produtos como caldeiras, elevadores e pontos de iluminação pública.

Após 2 meses do Go Live, o projeto conta já com 150 Entidades aderentes, 250 etiquetas emitidas e 4000 produtos registados.

Para mais informações sobre o SEEP visite www.seep.pt


Share:

Deixe o seu comentário