SAFIRA cresce 20% em 2012

10560
0
Share:

A SAFIRA acaba de anunciar os resultados financeiros do ano 2012 e as perspetivas para 2013. Em 2012, atingiu os 7,1 milhões de euros de volume de negócios, um crescimento de 20% face aos 5,8 milhões de euros registados no ano anterior, e bem acima do objetivo traçado inicialmente de 6,5 milhões. Em 2013, prevê aumentar as vendas para 8 milhões de euros, das quais cerca de 70% fora de Portugal.

O ano passado, a empresa reforçou a sua presença nos mercados externos com a abertura de dois escritórios, um em Barcelona e um em Londres, e implementou projetos em 13 países de 4 continentes, incluindo Portugal, Reino Unido, Angola, Suíça, Polónia, Espanha, Emirados Árabes Unidos, Alemanha, França, Chile, entre outros. O negócio internacional representou o valor mais alto de sempre: 61% das vendas da empresa (em 2011 tinha um peso de 44%).

No que respeita a Recursos Humanos, no final de 2012 a empresa contava com uma equipa de 142 colaboradores, 44 dos quais contratados o ano passado (41 em Portugal e 3 na Polónia). Este aumento significativo nos quadros da sede em Carnaxide levou à necessidade de duplicação da área de escritório. A aposta na qualificação e valorização da equipa foi mais uma vez reforçada, com a obtenção de 70 novas certificações IBM e 50 Microsoft. No ano passado foi também lançada a SAFIRA Academy com o objetivo de melhorar as competências e o know-how dos colaboradores em áreas-chave. A SAFIRA foi ainda distinguida pelo 6o ano consecutivo como uma das Melhores Empresas para Trabalhar de acordo com o estudo independente da revista Exame, subindo 23 lugares no ranking relativamente ao ano anterior. A empresa tem atualmente 60 vagas em aberto para perfis técnicos.

O ano 2012 ficou também marcado pelo estabelecimento de novas parcerias, nomeadamente com a consultora angolana Topview. A SAFIRA foi ainda reconhecida como PME Excelência 2012, um estatuto que tem como objetivo reconhecer empresas que cumprem um exigente conjunto de requisitos de crescimento, rentabilidade e solidez financeira.

Em 2013, a SAFIRA prevê continuar a crescer organicamente a 2 dígitos, atingir um volume de negócios de 8 milhões de euros (70% fora de Portugal), apostar na participação nos maiores eventos da especialidade (tais como o IBM Impact ou o encontro mundial de parceiros Microsoft), e reforçar a política de recursos humanos através da retenção e captação dos melhores talentos. A prioridade internacional passará pelo reforço da atividade no Reino Unido e Espanha, o aumento da receita no Médio Oriente e o avanço para novos PALOPs.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário