18915 0

Rumos lança academia de engenharia de redes e sistemas Microsoft

A partir do dia 21 de janeiro, a Rumos vai aumentar a sua oferta formativa com o lançamento da Academia de Engenharia de Redes e Sistemas Microsoft. Atenta às necessidades do mercado e dos profissionais de TI, a Rumos tem como objetivo lançar um produto inovador e de vanguarda, orientado para o mercado de trabalho, procurando ajudar os profissionais desta área, a manterem-se atualizados, serem competitivos, permitindo-lhes impulsionar a sua carreira.

A Rumos desenvolve formação em tecnologias. A Academia de Engenharia de Redes e Sistemas Microsoft prepara profissionais com competências e capacidade de lidar com aspetos inerentes à administração e gestão de sistemas de informação, bem como de operar num vasto leque de ambientes utilizando o sistema operativo Microsoft Windows Server 2012 e a família de produtos de servidor integrados BackOffice. O conteúdo programático desta academia aposta na preparação teórico-prática de profissionais especializados em Redes e Sistemas.

Com este novo percurso de formação, a Rumos apresenta um produto que pretende dotar os profissionais das mais elevadas competências técnicas, a par de forte formação em SoftSkills garantindo assim uma formação focada e orientada para a realidade das organizações. Esta aposta na área de SoftSkills vem dotar esta formação com competências ao nível da organização e liderança, essenciais para os profissionais de hoje em dia.

A Academia Engenharia de Redes e Sistemas Microsoft é composta por 22 módulos num total de 371 horas conferindo 4 certificações, através de uma formação dividida entre a área de TI e comportamental. Dividido em 3 Academias mais curtas e adaptadas às necessidades e à experiência profissional dos formandos de forma a permitir uma aquisição de conhecimento sustentada e equilibrada.

“No desenvolvimento das Academias Rumos, empenhámo-nos em criar um produto de formação adequado às solicitações do mercado e ambiente conjuntural. Incluímos formação comportamental, para além da tecnológica, apoiada em certificações do fabricante, internacionalmente reconhecidas, e com a possibilidade de frequência de estágio em empresas de TI prestigiadas. Parece-me ser uma fórmula adequada a quem procura emprego e/ou pretende investir numa carreira profissional de sucesso”, explica Jorge Lopes da Rumos.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

bq obtém a certificação ISO 20000 nos processos de assistência técnica

A empresa espanhola bq (www.bqreaders.com) obteve a certificação de Sistemas de Gestão de Serviços de TI conforme a norma UNE-ISO/IEC 20000- 1:2011 para o seu serviço de assistência

Estudo IDC: Agilidade e simplicidade na gestão de ambientes cloud computing

A adoção de serviços de cloud computing em Portugal já é uma realidade. Esta é uma das principais conclusões do estudo Tendências na gestão de ambientes cloud computing,

Forrester cita a Information Builders como Líder num Relatório sobre Plataformas de BI

A Information Builders anunciou hoje que a Forrester Research considerou a empresa como Líder no seu relatório “The Forrester Wave™: Enterprise Business Intelligence Platforms (Plataformas de Business Intelligence

IFS Applications 9 é lançado na IFS World Conference 2015

A IFS lançou o IFS Applications 9, a nova  versão  base  da  sua  suíte  alargada  de  aplicações  empresariais.  A  nova  versão proporciona aos clientes uma real agilidade empresarial

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *