21146 0

ROFF no 2º lugar do ranking das “Melhores Empresas para Trabalhar”

A ROFF conquistou o 2º lugar no ranking das “Melhores Empresas para Trabalhar em Portugal” com mais de 250 colaboradores, de acordo com a edição de 2015 do estudo elaborado pelo Great Place to Work Institute.

A consultora portuguesa alcançou novamente o primeiro lugar no sector dos “Serviços Profissionais” e, pelo segundo ano consecutivo desde que este galardão é atribuído, a ROFF arrecadou ainda o prémio “Saúde e Bem-estar” que distingue as empresas com as melhores práticas de recursos humanos.

A celebrar 18 anos de atividade, a ROFF foi pioneira na implementação de medidas de apoio à família e à maternidade que permitem aos colaboradores horários flexíveis e a possibilidade de trabalho remoto, na promoção de hábitos saudáveis através da disponibilização de bicicletas para utilização livre, oferta diária de fruta fresca nas instalações da empresa, criação de grupos dedicados à prática desportiva, para além outras iniciativas como a implementação de consultas de medicina geral gratuitas, a criação de zonas de convívio equipadas com consolas de jogos para facilitar a gestão de stress, massagens e tratamentos estéticos, ou até consultas de nutrição gratuitas nas instalações da empresa. Mais recentemente, a empresa implementou um plano de pensões para apoiar os seus colaboradores na situação de reforma.

Francisco Febrero, CEO da ROFF, enalteceu o resultado da participação na edição de 2015. “É uma conquista que representa o nosso empenho e demonstra que continuamos no caminho certo em relação à gestão de pessoas”. “Na ROFF acreditamos que a flexibilidade, autonomia e o espírito de celebração dos êxitos coletivos são o motor para garantir melhores níveis de produtividade e resultados diferenciados junto dos nossos clientes”, destaca.

Atualmente, com cerca de 850 consultores, a ROFF detém um amplo historial no âmbito de prémios em rankings de ambiente organizacional. A empresa tem intensificado o seu crescimento nos últimos anos e prepara-se para abrir mais uma filial na Costa do Marfim, o seu terceiro escritório em África.


Bruno Fonseca

Bruno Fonseca

Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Notícias Relacionadas

Check Point anuncia resultados do terceiro trimestre de 2013

A Check Point anunciou os resultados financeiros do terceiro trimestre de 2013, terminado a 30 de Setembro. Faturação: 344,1 milhões de dólares, o que representa um crescimento homólogo de

Primeiro Estudo Scaleups Tecnológicas – Ecossistema português de Startups com crescimento acelerado e 40 Scaleups identificadas

O Startup Europe Partnership (SEP), em conjunto com o CrESIT, publica hoje o novo Estudo dedicado ao ecossistema português de scaleups tecnológicas (startups que já angariaram financiamento superior

JP – inspiring knowledge fecha 2012 em alta

A JP – inspiring knowledge fechou o ano com uma faturação total de 356 milhões de euros, originando um EBITDA de 18,2 milhões de euros e um Resultado

Acer promove Canal Certificado em Lisboa

A Acer demonstrou o seu apoio ao canal em Portugal com a realização de um evento em Lisboa que reuniu cerca de três dezenas de pessoas. O evento,

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *