ROFF consolida parceria com a EDP com contrato de manutenção aplicacional

7480
0
Share:

A ROFF consolidou uma parceria estratégica com a EDP através de um contrato de prestação de serviços de manutenção aplicacional. O contrato, assinado até 2017, torna a ROFF responsável pela manutenção e evolução da grande maioria dos sistemas SAP ERP na operadora energética.

A partir dos seus escritórios em Portugal e com uma base instalada de 50 recursos dedicados ao contrato, a ROFF vai prestar, remotamente, apoio na manutenção e evolução aplicacional a diversas geografias além de Portugal, tais como Bélgica, França, Itália, Polónia, Roménia, Espanha, Reino Unido e EUA.

O contrato agora firmado resulta da estreita colaboração entre as duas empresas, que remonta ao ano de 2011, e da consolidação de três grandes projetos em 2013 e 2014, a saber: a implementação dos módulos de Recursos Humanos SAP para as empresas portuguesas afiliadas ao grupo, o desenho técnico de uma solução corporativa SAP que abrange as áreas Financeira, Logística, Planeamento, Orçamentação e Business Intelligence e a sua posterior implementação, que conta com o envolvimento de cerca de 80 consultores durante um ano. Os três projetos mencionados representam um investimento superior a 6 milhões de euros.

Para Francisco Febrero, CEO da ROFF, “Foi com enorme prazer que registámos a confiança demonstrada pela EDP. Com este contrato a ROFF consolida definitivamente a sua posição como líder nacional na implementação de soluções SAP e estabelece um compromisso que demonstra a nossa dedicação para criar valor e fazer a diferença nos nossos clientes.”

A ROFF tem vindo a intensificar o crescimento dos últimos anos através de uma estratégia de crescimento sustentado no mercado interno, que inclui a conquista de grandes contas para além da atenção redobrada ao segmento das PME, mas também de internacionalização, assente na abertura de novas filiais, as mais recentes em Macau e Nyon, e com a contratação de novos recursos, cerca de 130 consultores em 2013. No último exercício, o volume de negócios da empresa superou os 50 milhões de euros.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário