20176 0

Ricoh lidera mercado digital de impressão de produção a preto e a cores

A Ricoh anunciou que segundo os últimos dados da consultora Suiça, Infosource* sobre as vendas no ano de 2013, a Ricoh foi o fabricante líder no segmento de impressão de alta produção a cores folha a folha (Digital Color Press Sales), com 35,8% de quota de mercado, na Europa Ocidental.

As empresas gráficas e centros de reprografia da Europa escolheram na sua maioria os modelos das séries Ricoh Pro™ C901 e Pro™ C751, para os seus serviços de impressão.

Em 2013 a Ricoh vendeu 1259 equipamentos de produção a cores, sendo cerca de metade da série Pro C751 e C651.

Também os novos modelos de produção da série Ricoh Pro C5100 e C5110, a impressora de entrada de gama, que combina preço acessível, qualidade de impressão superior, manuseamento versátil de suportes de impressão e dimensões mais compactas, foram bem recebidos pelo mercado e já representam uma boa parte dos novos equipamentos instalados.

Adicionalmente, a Ricoh também manteve a liderança europeia em sistemas de impressão de produção a preto e branco com uma quota de mercado de 27,7%, na gama de equipamentos profissionais acima de 90 páginas por minuto (também de acordo com a InfoSource). Neste segmento a Ricoh vendeu 1588 novos equipamentos durante o ano de 2013 na Europa Ocidental.

Este sucesso surge na altura da celebração do terceiro aniversário da parceria de impressão digital entre a Ricoh e a Heidelberger Druckmaschinen AG (Heidelberg), anunciada na primavera de 2011. A Heidelberg tem proposto as séries Ricoh Pro C901 e Pro C751 nas versões Linoprint C 901 e C 751 desde a feira Drupa de 2012. Em combinação com o software Prinect Digital Print Manager, ambos os sistemas podem ser integrados no sistema Prinect da Heidelberg, permitindo às empresas gráficas integrarem as suas tecnologias digital e offset num só fluxo de trabalho.

“O desenvolvimento da tecnologia Ricoh e os nossos serviços visam apoiar as necessidades de mudança das empresas de impressão para que continuem a crescer, ao mesmo tempo que aumentam a eficiência e a produtividade. As vantagens da tecnologia digital como, personalização de dados, funções web-to-print, utilização de mensagens transpromo e integração em vários ambientes complementares da impressão offset, tornam a impressão digital cada vez mais uma realidade rentável. Há quatro anos anunciamos a aposta estratégica neste mercado e a nossa visão de obter uma quota acima de 30%. O resultado de 2013 reforça o nosso empenho em continuar a investir nas melhores tecnologias e satisfazer os nossos clientes” – afirma Jorge Silva, Diretor de Marketing da Ricoh Portugal

Paulo Monteiro, Administrador da Grafopel, empresa que representa a Heidelberg em Portugal, afirma: “A nossa parceria com a Ricoh na Europa e no resto do mundo é um sucesso. Graças à tecnologia de impressão da Ricoh e ao nosso software de fluxo de trabalho Prinect, oferecemos às gráficas uma escolha digital ou offset – de um único fornecedor. Os clientes que adquiriram as impressoras Linoprint C estão a descobrir novas oportunidades de valor acrescentado como combinações híbridas, resultado da combinação de tecnologias digitais e offset. Os nossos clientes procuram alcançar o equilíbrio digital/offset nas suas empresas, integrando capacidade digital na sua infraestrutura de impressão existente. O feedback que recebemos dos clientes tem sido excecionalmente positivo.”


Bruno Fonseca

Bruno Fonseca

Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Notícias Relacionadas

Zon empresas apoia criação de novos negócios

A ZON Empresas lança um agregador online para empreendedores (zonempresas.pt/Criar-uma-Empresa), que visa ser um guia prático de referência no atual contexto macroeconómico desafiante. Esta é mais uma iniciativa

SUSE Cloud 4 já está disponível

A SUSE anunciou a disponibilidade do SUSE Cloud 4, a nova versão da distribuição OpenStack da SUSE para a construção de clouds privadas Infrastructure-as-a-Service. O SUSE Cloud 4

Apple apresenta resultados do quarto trimestre

A Apple anunciou os resultados do seu quarto trimestre fiscal de 2012 que terminou a 29 de Setembro, 2012. A empresa apresentou receitas trimestrais de 36 mil milhões

Opensoft cresce 35% em 2015

A Opensoft fechou o ano 2015 com um volume de negócios de 3,8 milhões de euros, um crescimento de 35 por cento face ao ano anterior. O objetivo

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *