Ricoh Lança Impressora PRO C901+ Graphic Arts

12848
0
Share:

A Ricoh Portugal lançou as impressoras Pro C901+ Graphics Arts e Ricoh Pro C901S+ Graphics Arts, as mais recentes novidades da gama de sistemas de produção digital a cores da Ricoh.

Estes novos sistemas incluem um conjunto de melhorias destinadas a assegurar que as empresas do sector da impressão de produção e comercial têm acesso às mais recentes inovações e qualidade topo de gama.

“Este lançamento ocorre no seguimento das notícias da InfoSource, que colocam a Ricoh como o fabricante líder em 2012 no segmento Digital Color Press com 31,1% de quota de mercado. Os nossos novos equipamentos assegurarão que continuaremos a fornecer impressoras de produção topo de gama e que esses equipamentos continuam a oferecer aos clientes serviços de impressão competitivos, de alta qualidade e retorno do investimento a curto prazo.” afirmou Jorge Silva, Director de Marketing da Ricoh Portugal.

Com estes dispositivos a produtividade é reforçada com uma capacidade de pico de trabalho aumentada, na ordem das 700 000 impressões por mês – mais 20% do que os modelos anteriores. O tempo de paragem é também reduzido, graças a embalagens de toner com maior capacidade e que permitem, por isso, menos paragens.

O standard dos suportes de impressão é agora até 350g/m2, sendo a biblioteca de papéis actualizada de forma contínua, de modo a suportar mais gramagens ou tipos de papel.

Os toners PxP da Ricoh e a tecnologia de fusão sem óleo garantem que os equipamentos apresentam resultados muito semelhantes a offset, além de oferecer até 90 páginas por minuto com vários tipos de papel graças à tecnologia incorporada Air-Assist.

A qualidade de imagem mantém-se também consistente, graças à função avançada de estabilização de imagem, revelação unidireccional, unidade mecânica de registo de papel, tecnologias de fusão avançadas e ajustes automáticos.

As impressoras digitais Ricoh Pro C901+ e Pro C901S+ Graphics Arts, também integram os novos servidores de impressão EFI Fiery E42 ou E82. Incluem, além disso, a funcionalidade HyperRIP, que melhora o desempenho ao processar várias páginas de um trabalho simultaneamente, e também a funcionalidade Xobjects caching, que permite a impressão de ficheiros PDF com Xobjects à velocidade anteriormente associada apenas a trabalhos de dados variáveis.

As novas impressoras possuem, por outro lado, a possibilidade de edição de trabalhos, ideal para tarefas tais como a aplicação de opções de trabalho adicionais directamente a partir da lista de trabalhos, sem ser necessário abrir as respectivas propriedades no software criativo.

Está também incluída a função de selecção rápida de predefinições de trabalho, que aplica as mesmas predefinições usadas em impressoras virtuais e hot folders, a trabalhos na lista de trabalhos para execução.

Os novos servidores de impressão EFI E42 ou E82 foram os primeiros e os únicos (até á data) servidores a obter a classificação Perfect nos PDF RIP Audit da VIGC. Os fornecedores de serviços de impressão que usem o Fiery E-42 e E-82 podem ter confiança que até mesmo os ficheiros com os grafismos mais complexos podem ser impressos correctamente à primeira, evitando reimpressões dispendiosas e atrasos nas entregas.

Adicionalmente, a certificação CIP4 JDF para servidores Fiery garante aos fornecedores de serviços de impressão que a integração entre sistemas, incluindo soluções MIS e Web-to-Print da EFI, funcionará de forma eficiente e permitirá automatizar o fluxo de trabalho.

O modelo Ricoh Pro C901S+ Graphic Arts está também equipado com um scanner a cores de alta velocidade que captura originais em papel para cópia, edição, armazenamento ou distribuição electrónica.

O alimentador lê imagens em cor integral, escala de cinzentos ou a preto e branco, permitindo aos utilizadores controlar o tamanho do ficheiro bem como a qualidade de imagem de acordo com cada aplicação.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário