23474 0

Security Fabric aumenta faturação da Fortinet em 34%

A Fortinet acaba de anunciar os resultados financeiros correspondentes ao primeiro trimestre que terminou a 31 de Março de 2016.

“Durante o primeiro trimestre, a Fortinet obteve bons resultados, superando todas as métricas-chave”, disse Ken Xie, fundador, presidente e CEO da Fortinet. “A crescente complexidade do panorama de segurança de TI está a impulsionar a adoção de plataformas abrangentes e integradas, em linha com a visão que temos mantido desde as nossas origens. O Security Fabric é um ativo estratégico, permitindo aos clientes proteger e obter informação chave em todos os pontos da rede – desde a IoT à Cloud – através de um sistema operativo e de uma plataforma de gestão integrada. Isto, junto com lançamentos de produtos recentes, como a serie FortiGate-6000E de alto desempenho, fortalece a nossa unidade de competitividade e contribui para um crescimento continuado em 2016”.

Resultados financeiros primeiro trimestre de 2016

Faturação: o volume de negócios total foi de 330,5 milhões de dólares no primeiro trimestre de 2016, representando um aumento de 30% em relação aos 254,3 milhões de dólares obtidos no mesmo trimestre de 2015.

• Receita: No primeiro trimestre de 2016, as receitas ascenderam os 284,6 milhões de dólares, 34% mais do que os 212,9 milhões de dólares auferidos no mesmo período de 2015. Em receita total, o volume de produto foi de 124,6 milhões de dólares, um aumento de 28% em comparação com os 97,5 milhões de dólares no mesmo trimestre de 2015. A receita de serviços totalizou 160 milhões de dólares, representando um aumento de 39% em relação aos 115,4 milhões de dólares no mesmo período de 2015.

• Efetivo e fluxo de caixa: A 31 de março de 2016, o efetivo, os equivalentes de efetivo e os investimentos totalizaram 1.190 milhões de dólares, em comparação com 1.160 milhões de dólares registados a 31 de dezembro de 2015. No primeiro trimestre 2016, o fluxo de caixa de operações foi de 100,6 milhões de dólares em comparação com os 64,6 milhões de dólares no mesmo trimestre de 2015. O fluxo de caixa livre foi de 70,6 milhões de dólares durante o primeiro trimestre de 2016 em comparação com os 59,7 milhões de dólares no mesmo trimestre de 2015.

Lucro líquido não-GAAP e lucro líquido diluído por ação: O lucro líquido não-GAAP foi de 20,1 milhões de dólares no primeiro trimestre de 2016, comparado com o lucro não-GAAP líquido de 13,5 milhões de dólares obtidos no mesmo período de 2015. Os lucros líquidos não-GAAP diluídos por ação foram de 0,12 dólares no primeiro trimestre de 2016, em comparação com os 0,08 dólares no mesmo trimestre de 2015.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

Zarph triplica volume de negócios em 2015

A Zarph encerrou o ano de 2015 com um volume de negócios de meio milhão de euros, refletindo um crescimento superior a 200% – um valor três vezes

Acções de networking empresarial Avila Business Centers

O Avila Business Centers deu início a um programa que visa auxiliar o desenvolvimento de empresas e indivíduos no mercado. O Avila Corporate Club apresenta-se como um clube

Rumos Serviços tem mais de 50 vagas em Tecnologias de Informação

A Rumos Serviços está a reforçar a sua equipa de consultores, contando neste momento com mais de 50 vagas na área das Tecnologias de Informação. As vagas destinam-se

Novas Workstations HP Desktop e portátil

A HP anunciou as novas Workstations HP Z220 e as novas Mobile Workstations HP EliteBook, com a fiabilidade tradicional da marca  e com funcionalidades de classe profissional. A

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *