Regras Essenciais para proteger o seu filho na Web

9768
0
Share:

Hoje, dia 1 de Junho em que se celebra o Dia Internacional da Criança, a ESET (www.eset.pt) divulga as regras essenciais que permitem proteger os mais novos das ameaças emergentes que proliferam na Internet.

Regras essenciais para a segurança on-line de pais e filhos

1. Fique atento e monitorize a ligação do seu filho à Internet: defina uma palavra-chave para o seu computador para evitar o livre acesso ao mesmo e permita que as crianças apenas naveguem na web durante os momentos em que tiver oportunidade de ir verificando periodicamente as suas actividades online. Defina regras claras sobre o uso dos computadores.

2. Fale com os seus filhos sobre sobre a privacidade na Internet: nunca devem fornecer os dados pessoais e outras informações como a escola onde andam e locais que costumam frequentar, na Web e em que redes sociais.

3. Tenha cuidado com a webcam: pode ser facilmente ligada à distância por utilizadores mal intencionados. Desligue ou desactive este equipamento quando não a estiver a usar. O malware pode aceder à sua webcam, sem o seu conhecimento. Se os filhos querem usar a webcam, certifique-se de que está por perto e que a conversa apenas está a ser mantida com amigos ou conhecidos da família.

4. Todos os browsers de Internet armazenam um histórico de navegação que deverá ser analisado de forma periódica pelos pais. Se por algum motivo verificar que o histórico foi apagado é uma boa oportunidade para ter uma conversa com o seu filho, tentando apurar os motivos que o levaram a fazê-lo.

5. Se no Facebook, a criança partilhar o mural com ‘Todos’ ou ‘Amigos de Amigos’ perde-se o controlo sobre quem tem acesso aos dados do menor. O mesmo acontece com o uso de aplicações duvidosas no Facebook. Estas podem levar a que o seu filho partilhe os dados com o mundo inteiro.

6. As informações que foram colocadas na Internet não desaparecem, na realidade. Não presuma que, quando excluir uma foto, ou até mesmo a conta de utilizador na rede social, os dados são imediatamente apagados. As fotos e informações podem já ter sido guardadas no computador de outras pessoas. Além disso, tudo fica armazenado no servidor. Repare neste bom exercício para verificar a veracidade desta informação: se eliminar a sua conta, por exemplo, no Hi5 ou Facebook e posteriormente a voltar a reactivar, vai encontrar tudo aquilo que pensava ter sido eliminado. As crianças e os pais devem pensar duas vezes sobre as imagens e informações que colocam na Internet.

7. Ter uma solução de segurança antivírus instalada no computador e mantê-la actualizada é essencial. Existem soluções (como por exemplo o ESET Smart Security) que possuem diversas funcionalidades como Controlo Parental e vários filtros baseados na idade do utilizador. Para além disso bloqueia sites que podem conter material potencialmente ofensivo. Os pais podem ainda bloquear o acesso até vinte categorias diferentes de websites.


Share:

Deixe o seu comentário