28518 0

Reditus promove formação e certificação para Data Protection Officers (DPO)

A Reditus, através da Reditus Business School, apresenta, a partir do próximo mês de janeiro, três programas de formação e certificação em proteção de dados. Esta iniciativa insere-se no âmbito da nova regulamentação europeia para a proteção de dados – General Data Protection Regulation (GDPR) – que entrará em vigor em 2018 e vai impor alterações significativas nas organizações ao nível da gestão e tratamento de dados pessoais, seja de colaboradores ou clientes. Desenvolvidas em parceria com a IAAP (International Association of Privacy Professionals), as formações em proteção de dados da Reditus Business School são globalmente reconhecidas.

A partir de 25 de maio de 2018, a nova regulamentação europeia para a proteção de dados (GDPR) vai representar uma enorme transformação para todas as organizações nacionais, públicas e privadas, obrigando-as a implementar ferramentas de controlo e procedimentos específicos para a gestão e proteção dos dados dos seus clientes. O seu não cumprimento prevê coimas que podem atingir os 20 milhões de euros ou 4% da faturação anual.

Consciente de que um dos aspetos fundamentais para uma aplicação correta da política GDPR passa pela nomeação de um DPO (Data Protection Officer), bem como da equipa técnica responsável pela infraestrutura tecnológica da sua empresa, com os skills e conhecimentos específicos da legislação, a Reditus Business School vai disponibilizar ações de formação em três áreas distintas: Certificação CIPP/E, Certificação CIPM e Certificação CIPT.

  • A Certificação CIPP/E aborda a legislação e regulamentação, nacional e europeia, terminologia, conceitos e boas prática respeitantes à proteção de dados pessoais e fluxos de dados entre países. Esta formação tem a duração de dois dias: a primeira inicia-se já a 16 e 17 de janeiro, havendo mensalmente novas formações até novembro.
  • A Certificação CIPM é uma das principais certificações especialmente direcionada para os profissionais de Gestão Operacional. Esta formação tem a duração de dois dias: a primeira inicia-se já a 18 e 19 de janeiro, havendo mensalmente novas formações até novembro.
  • A Certificação CIPT é direcionada para os profissionais de IT, tratando-se de uma certificação orientada para a validação dos conhecimentos tecnológicos de privacidade. Esta formação tem a duração de dois dias: a primeira inicia-se já a 26 e 27 de janeiro, havendo mensalmente novas formações até novembro.

O estatuto de DPO (Data Protection Officer) pressupõe um conhecimento bastante profundo da nova legislação, bem como de competências específicas para liderar todo a implementação e gestão dos processos intrínsecos ao negócio e que envolvem a obtenção e gestão de dados pessoais, ao abrigo da nova legislação. As certificações CIPP/E e CIPM fornecem aos candidatos todos os skills necessários para a execução das funções de DPO, procurando apoiar as organizações no desenho e implementação de uma correta estratégia para GDPR.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

Ransomware duplicou durante a segunda metade de 2016, segundo a Check Point

A Check Point publica o seu novo relatório “H2 2016 Global Threat Intelligence Threats”, que revela que o número de ataques de ransomware duplicou durante a segunda metade de

Rede social para negócios entre PME aposta no mercado espanhol

A hook biz entrou no mercado espanhol, reforçando, desta forma, a sua actuação internacional. A aposta no mercado espanhol efetiva-se com a alocação de uma equipa liderada por

LevelOne lança conversores de media em rede ultra-compactos

A LevelOne lançou novos modelos de conversores de media profissionais Fast Ethernet, nomeadamente os IEC-4000 e 4001.Embora ultra compactos e contam com o form factor mais reduzido do

Repsol e Indra desenvolvem sistema de segurança para detecção de Hidrocarbonetos

A Repsol e a Indra desenvolveram um sistema único em todo o mundo para deteção rápida de fugas de hidrocarbonetos no meio aquático que contribuirá para aumentar ainda

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *