26093 1

Quidgest apresenta resultados recorde e cresce 36% em 2013

A tecnológica portuguesa Quidgest cresceu 36% em 2013, sendo que apesar do contexto de crise, esta empresa assistiu, a nível nacional, a um crescimento de 4% de novos negócios devido à maior procura de soluções de software para a redução de custos e aumento da eficiência, por parte das organizações portuguesas.

Os mercados internacionais registaram um crescimento de novos clientes de 97% comparativamente a 2012. Moçambique, Angola e Timor-Leste foram os mercados que mais cresceram em 2013, a par de novos projetos em mercados como Nicarágua e Brasil. Atualmente, a Quidgest tem presença oficial em 10 mercados, através da constituição de empresas locais ou de parcerias.

fotos
João Paulo Carvalho – Senior Partner da Quidgest

Para João Paulo Carvalho, Senior Partner da Quidgest, os excelentes resultados da empresa em 2013 são fruto da estratégia de internacionalização e da capacidade de criar soluções exclusivas, de forma a responder às necessidades dos Clientes: “através da plataforma Genio, eliminamos as tarefas repetitivas, que não acrescentam valor ou que podem ser executadas por máquinas, e concentramo-nos no que permite ao nosso cliente reduzir custos, aumentar a produtividade, ser mais ágil e ter sucesso mais rapidamente, chegar a mais mercados e fornecer produtos e serviços de excelência”, explica João Paulo Carvalho.

O Genio é a plataforma de geração automática de código que a Quidgest desenvolveu e que permite criar soluções de gestão integradas, sem erros e num curto espaço de tempo. “Com o Genio, fazemos sistemas 10 vezes mais depressa, com 10 vezes menos recursos e, sobretudo, com 10 vezes mais atenção ao cliente”, conclui o responsável.

Presença internacional reforçada e Prémio Decidir Melhor marcam 2013

cristina
Cristina Marinhas – CEO

No ano passado, a Quidgest foi selecionada para desenvolver projetos em diversos países, fruto da sua aposta estratégica no desenvolvimento da operação internacional, dos quais se destacam: o Sistema Integrado de Registo Predial para a Direção Nacional de Registos e Notariado de Moçambique, o Sistema de Gestão Clínica da Angolana Cligest e o desenvolvimento de soluções para a modernização da função pública de Timor-Leste.

Adicionalmente, e no final do ano, a Quidgest lançou a iniciativa Decidir Melhor, que visa premiar as 3 melhores obras sobre o modelo de decisão nacional e, deste modo, reanimar a produção de estudos numa área de extrema relevância para a competitividade da economia nacional. As candidaturas estão abertas até 30 de abril de 2014.


Bruno Fonseca

Bruno Fonseca

Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Notícias Relacionadas

Gfi lança 2ªAcademia Microsoft com oferta de formação, estágio e integração

Após o sucesso da 1ª Academia Microsoft, em 2012, a Gfi lança uma segunda edição do programa, com oferta de formação intensiva, estágio profissional e a possibilidade de

Estudo IDC: Agilidade e simplicidade na gestão de ambientes cloud computing

A adoção de serviços de cloud computing em Portugal já é uma realidade. Esta é uma das principais conclusões do estudo Tendências na gestão de ambientes cloud computing,

Estudo revela que 35% dos portugueses defendem lojas abertas ao domingo

O Observador Cetelem questionou os europeus sobre quais as três propostas que mais facilitariam as suas compras e concluiu que os portugueses são dos consumidores que mais valorizam

O Elefante Azul chega ao Facebook

O Elefante Azul, da marca Hypromat, dá mais um passo na ligação com os seus clientes e inicia 2015 com a presença na rede social Facebook. Criar um

1 Resposta

  • Esta empresa anda há mais de um anos atrás de dinheiro. Procurou investidores para dispersar o capital: não conseguiu. Tentou entrar em bolsa: não conseguiu. Esteve meses a publicar em jornais que iria contratar 40 pessoas: não contratou. Agora diz que aumentou a facturação em 36%.
    Aumento de novos clientes de 97%? Quantos haviam anteriormente?

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *