QlikTech lança Direct Discovery QlikView

8008
0
Share:

A QlikTech anunciou o lançamento do Direct Discovery QlikView para o acesso direto a fontes de big data dentro de aplicações QlikView. Como parte da estratégia do Big Data Discovery da Qliktech, o Direct Discovery pode ligar dados já carregados in-memory a fontes de big data para uma análise visual rápida. Com este modelo híbrido para uma análise abrangente, não há necessidade de escolher entre o acesso direto a big data e o pré-carregamento de dados in-memory. O Direct Discovery da QlikView faz parte da Versão 11 da atualização QlikView já disponível, sem nenhum custo adicional.

Experiência do Utilizador Simplificada Alimentada por Big Data

Através da consulta direta de tabelas sem um complicado processo de ETL, os departamentos de TI são capazes de abrir todas as fontes de informação vasta que antes se encontravam fora do alcance do utilizador empresarial. Esta abordagem híbrida unifica silos de dados, provendo aos utilizadores os dados de que precisam, quando precisam, sem perdas de tempo ou produtividade. Com o Business Discovery do QlikView, os utilizadores ganham acesso a big data de alto desempenho com todas as opções de pesquisa associativa do Business Discovery do QlikView. Os utilizadores podem continuar a explorar a informação livremente, em vez de serem confinados a um caminho predefinido de perguntas. Esse conhecimento comum pode ser implementado num ambiente móvel ou com uma experiência social e colaborativa.

“O que os nossos clientes corporativos gostam no QlikView é o facto de fazer com que dados que tenham sido anteriormente armazenados, possam ser usados rapidamente numa base diária. A sua natureza intuitiva conduz os utilizadores para os dados mais relevantes e, assim, a tornarem-se utilizadores avançados devotos”, indica Anthony Deighton, Diretor Técnico da QlikTech. “Ao estabelecer ligações diretas aos maiores data centers de big data, bem como a potenciar dados carregados in-memory, abrem-se possibilidades para inúmeras novas aplicações QlikView. Agora, os conjuntos de big data conseguem sobrepor-se aos grandes cérebros do mundo dos negócios para transformar esses conhecimentos em resultados. Para nós, como pioneiros na análise in-memory, isto é realmente um marco importante para a próxima era do Big Data Business Discovery.”

Big Data Discovery sem Limites

Embora a inteligência do negócio tradicional ou dos fornecedores de motores de visualização permitam a análise de fontes de dados in-memory ou de data center, o QlikView aborda ambas as fontes numa única análise. Isto significa que as tendências de vendas a retalho no QlikView, por exemplo, podem ser agora analisadas através de dados transacionais massivos, a partir do data center, de modo a revelar padrões de compra dos consumidores para promoções de vendas mais informadas e eficazes. Os clientes podem obter essa agilidade por parte da empresa com as mesmas implementações rápidas e desempenho otimizado a que estão acostumados com o QlikView.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário