PT migra sistemas TI que suportam negócio móvel para o Data Center da Covilhã

10120
0
Share:

A PT acaba de migrar todos os dados referentes ao negócio móvel para o seu Data Center na Covilhã, numa  operação  exigente  de  consolidação  dos  seus  diferentes  sistemas,  otimização  de  recursos  e
redução de custos. Os dados transferidos para o Data Center na Covilhã provêm do Data Center do edifício Marconi, em Lisboa, e abrangem mais  de 500  servidores e 610 terabytes de informação.

Esta iniciativa, à qual estiveram alocados cerca de 160 colaboradores PT, materializa uma estratégia de racionalização  de  recursos,  diminuição  de  custos  e  garantia  de  poupanças  significativas  ao  nível
energético decorrentes da consolidação de sistemas e da libertação de espaço. No total, verificou-se uma taxa de consolidação de espaço de 66%, tendo sido ainda assegurada a virtualização de mais de
80% dos servidores.

De notar que o negócio móvel da PT engloba mais de 7.300 milhões de clientes, gera um tráfego diário de dezenas de milhares de carregamentos, envolve contacto direto com clientes em mais de 260 lojas
em todo o país e interações diretas no call center materializadas em milhares de chamadas por dia. Independentemente  da  complexidade  e  do  nível  de  risco  da  operação,  todos  os  serviços  PT continuaram a funcionar sem qualquer disrupção, tendo ficado assegurada uma experiência de cliente o mais próxima possível da normalidade.

As fases que garantiram o sucesso da operação 

Foram  aproximadamente  8  meses  de  planeamento,  em  que  a  primeira  etapa  foi  de  assessment, durante a qual foi feito o levantamento de todos os sistemas e das aplicações neles integradas. Após esta fase, foi definida a melhor estratégia para a migração, tendo as aplicações sido divididas em grupos  ou bundles. Foram então definidos vários eventos de migração a desenvolver ao longo de seis meses,
com  vista  à  total  isenção  de  riscos  para  os  clientes  e  a  garantia  do  normal  funcionamento  da organização na gestão do negócio móvel.

Coordenado pela Direção de Engenharia e Operações Cloud da PT, este projeto envolveu várias equipas da empresa, designadamente das áreas de qualidade de serviço e operações, que foram críticas para o  sucesso  de um  projeto  com  esta  dimensão.  Em  conjunto,  as  equipas analisaram, desenharam  e testaram medidas de contingência, escalando a migração aplicacional em função do maior ou menor impacto no cliente, nomeadamente ao nível do call center, das lojas e da área de selfcare.

O sucesso da migração dos dados móveis do edifício Marconi para o Data Center da PT na Covilhã resultou do know-how e experiência das equipas PT envolvidas, do seu parceiro EMC  e da metodologia aplicada que, no seu conjunto, contribuíram para a mitigação do risco e a garantia de funcionamento do negócio always on.  Tirando partido das infraestruturas e da capacidade técnica do Data Center da PT na Covilhã, um dos maiores e melhores do mundo, esta migração de dados permite à PT aumentar a qualidade do serviço prestado, garantindo aos clientes níveis máximos de segurança, eficiência e eficácia.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário