17654 0

Projeto de investigação permitirá aproveitar energia solar até 2000 vezes

Hoje, no Dia da Terra, os cientistas dos Laboratórios da IBM em Zurique, na Suíça, anunciam uma parceria com outras entidades locais para o desenvolvimento de um sistema fotovoltaico mais acessível e capaz de concentrar em si, em média, o poder de 2000 Sóis, com uma eficiência que permitirá absorver e converter 80% da radiação em energia útil. Este sistema pode ser construído em qualquer lugar do Planeta para oferecer energia sustentável, água potável e ar fresco, a um custo três vezes menor do que os sistemas atuais.

O projeto a três anos terá um custo total de 2.4 milhões de dólares, valor este que foi concedido pela Comissão para a Tecnologia e Inovação, na Suíça, a uma equipa de investigação composta por cientistas da IBM Research, da Airlight Energy (um fornecedor de tecnologia solar), da ETH Zurich (formação na área das energias renováveis) e do Instituto de Micro e Nanotecnologia (MNT) para desenvolver um Sistema de Alta Concentração Fotovoltaica e Térmica (HCPVT) mais económico.

Com base num estudo realizado pela European Solar Thermal Electricity Association (ESTELA) e pela Greenpeace Internacional, seriam necessários apenas 2% da área total do deserto do Saara para fornecer a eletricidade necessária ao mundo inteiro (Concentrating Solar Power: Outlook 2009). No entanto, as tecnologias de energia solar atualmente existentes no mercado são ainda demasiado caras e lentas para o conseguirem.

O protótipo do sistema HCPVT utiliza um grande dispositivo parabólico, composto por múltiplos espelhos, que consegue posicionar-se mediante o melhor ângulo de acordo com a posição do sol. Uma vez alinhado, os raios do sol refletem nos espelhos para vários recetores, conseguindo converter 200-250 watts de energia, em média, ao longo de um dia típico de oito horas numa região que habitualmente recebe Sol.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

NEC reforça automatização de redes baseadas em OpenFlow

A NEC anunciou a introdução de melhorias na sua família de produtos para redes definidas por software, baseada na tecnologia ProgrammableFlow. Estas melhorias permitem às empresas e operadores

Saphety marca presença no 7th ECR Baltic Forum na Estónia

A Saphety e a Systems Integration Solutions serão patrocinadores e keynote speakers do 7th Efficient Consumer Response (ECR) Baltic Forum que se realiza na Estónia, nos dias 13

CES 2016: Intel revela experiências apaixonantes no Consumer Electronics Show

A Intel Corporation revelou hoje o abrangente poder da tecnologia para disponibilizar novas experiências fantásticas no quotidiano. Desde a digitalização do desporto a avanços em cuidados de saúde

EMC Portugal alcança 2ª posição da lista das melhores empresas para trabalhar

A EMC Portugal foi considerada pelo Great Place to Work Institute a segunda melhor empresa para trabalhar, na categoria de instituição com menos de 100 colaboradores. Pela primeira

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *