Programa IBM KidSmart Early Learning celebra 10º aniversário em Portugal

10912
0
Share:

A IBM celebrou, na presença do Secretário de Estado do Ensino Básico e Secundário, João Grancho, o 10º aniversário do Programa Kidsmart Early Learning em Portugal, uma iniciativa que contempla a doação de quiosques informáticos a jardins de infância, em paralelo com uma forte componente de formação aos educadores.

A primeira fase deste programa, que remonta a 2003, foi impulsionada em parceria com a Universidade de Évora e a Associação dos Profissionais de Educação do Norte Alentejo (APENA), entidades reconhecidas pelo trabalho desenvolvido na área da pedagogia e educação.

Desde então, e já em parceria com o Ministério da Educação e Ciência, foram doadas 554 estações de aprendizagem KidSmart-Young ExplorerTM, abrangendo mais de 10.000 crianças em 472 jardins de infância de Portugal Continental.

Na edição deste ano, foram doados mais 52 quiosques informáticos com software ludo-educativo integrado a jardins de infância das regiões de Lisboa e Vale do Tejo e Alentejo.

“Este é um momento de duplo orgulho já que celebramos hoje o 10.º aniversário do Programa KidSmart em Portugal. Temos vindo a despertar a curiosidade e a captar a atenção de crianças com idades entre os 3 e os 6 anos, bem como dos seus educadores, pais e encarregados de educação, para um programa que tem provado excelentes resultados”, sublinhou o Presidente da IBM Portugal, na abertura da cerimónia.

“Para os educadores este programa permite, por sua vez, o enriquecimento e a modernização de métodos de trabalho, a atualização e o aprofundamento de conhecimentos no domínio específico das novas tecnologias com vista a uma melhor intervenção pedagógica. É mais uma aposta da IBM no domínio da educação e da investigação em Portugal”, disse ainda António Raposo de Lima.

O Secretário de Estado do Ensino Básico e Secundário, João Grancho, lembrou também a “boa cooperação” entre o Ministério da Educação e Ciência e a IBM ao longo da última década. “A educação pré-escolar é a primeira etapa da educação básica no processo de educação ao longo da vida, sendo complementar da ação educativa da família, com a qual deve estabelecer estreita cooperação, favorecendo a formação e o desenvolvimento global e equilibrado da criança, tendo em vista a sua plena inserção na sociedade como ser autónomo, livre e solidário”.

“Consideramos, pois, que esta parceria deve ser apreciada, uma vez que o Programa proporcionou às crianças que a ele tiveram acesso oportunidades únicas. As atividades desenvolvidas com e a partir do software disponibilizado despertam a curiosidade e desenvolvem o espírito crítico, estimulando o desenvolvimento das crianças. Sendo um dos objetivos do Programa KidSmart a info-inclusão, foi, também e sempre, objetivo do Ministério de Educação e Ciência e da IBM a seleção de Jardins de Infância junto das populações mais desfavorecidas”, salientou ainda o Secretário de Estado João Grancho.

Na cerimónia marcou ainda presença a Diretora de Cidadania Corporativa da IBM EMEA (Europe, the Middle East and Africa), Celia Moore, que reiterou, por sua vez “que a parceria da IBM com o Ministério da Educação e Ciência tem sido fundamental para o sucesso desta iniciativa, sendo que todos os estudos indicam que a idade pré-escolar é a base para o desenvolvimento das crianças”.

Durante a cerimónia, teve ainda lugar um debate moderado pela jornalista Ana Rita Ramos, onde foram apresentados casos concretos de sucesso na utilização dos quiosques informáticos e revelados importantes resultados de um estudo realizado junto de pais e educadores.

O Programa Kidsmart Early Learning foi lançado pela IBM no ano de 1998 nos Estados Unidos da América, sendo parte importante da sua política de Responsabilidade Social. Contempla a doação de quiosques a crianças dos 3 aos 6 anos, que passam a utilizá-lo nas suas atividades letivas diárias como apoio às suas tarefas de aprendizagem.

O objetivo é fazer do computador parte integrante do ambiente escolar e do programa educativo desde a primeira fase. As crianças podem aprender matemática, ciências, ou criar os seus próprios contos animados, em linha com o programa educativo recomendado para esta primeira etapa da aprendizagem.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário