17557 0

Primeira solução mundial HEVC para TV em directo no móvel

A Ericsson apresentou, durante o IBC 2012, o primeiro codificador HEVC/H.265 do mundo para disponibilizar TV linear e em directo em dispositivos móveis através das redes móveis. Com capacidade de codificação em tempo real em resoluções até qualidade HD, o novo codificador Ericsson SVP 5500 HEVC reduz bastante os requisitos de largura de banda para os actuais e futuros serviços. Permite aos operadores fornecer experiências de TV consistentes e de elevada qualidade nos dispositivos móveis e dar resposta às crescentes expectativas dos consumidores face à disponibilidade dos serviços de TV em qualquer lugar, quer estejam em casa ou em movimento.

Um relatório de Julho de 2012 da Juniper Research sugere que o número de utilizadores de TV móvel em streaming em smartphones vai aumentar para 240 milhões até 2014. Um dos motores deste crescimento é o forte desejo dos consumidores para aceder automaticamente a conteúdos como desportos e eventos ao vivo enquanto estes decorrem, e interagir socialmente.
“À medida que os operadores se esforçam para dar resposta à procura de serviços multi- ecrã por parte dos consumidores, estão a enfrentar uma sobrecarga crescente nas suas redes. Há uma necessidade imediata de novas soluções de compressão de vídeo que permitam imagens de elevada qualidade através de redes móveis, mantendo os custos de largura de banda e armazenamento tão baixos quanto possível”, afirma Dr. Giles Wilson, Head of TV Compression Business da Ericsson. “Compreendemos a dinâmica do consumidor e as necessidades do operador, e o lançamento do codificador Ericsson SVP 5500 demonstra a nossa capacidade de sermos os primeiros a movimentar-nos no mercado, possibilitando que experiências de TV de próxima geração se tornem realidade”.

A tecnologia HEVC (High Efficiency Video Coding) promete reduzir os requisitos de largura de banda para transmissão de vídeo em mais de 50% em comparação com as melhores implementações H.264 / MPEG-4 AVC, e revolucionar a prestação de serviços de TV para todos os dispositivos. A Ericsson reconhece que as primeiras aplicações deste novo padrão de compressão da próxima geração sejam utilizadas para fornecer serviços de TV através de redes móveis, em dispositivos móveis, e o lançamento deste primeiro codificador na indústria responde às necessidades reais dos clientes.

“Estamos a assistir a uma mudança dramática nos hábitos de consumo de TV – consumidores ainda querem ver televisão em casa nos seus ecrãs HD, mas esperam cada vez mais consumir conteúdos em todos os outros dispositivos, seja em casa através de Wi-Fi ou fora de casa utilizando as redes móveis 3G e 4G”, afirma Ove Anebygd, Vice President and Head of TV da Ericsson. “Os consumidores esperam encontrar formas simples, agradáveis e funcionais para consumir qualquer conteúdo, de qualquer forma e em qualquer lugar. Na Ericsson, compreendemos realmente como é que novos padrões e tecnologias da indústria devem ser implementados de forma a beneficiar o operador e consumidor. É, por isso, que temos respondido de modo pioneiro adoptando e implementan do HEVC especificamente para uso móvel”.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

Toshiba aposta na impressão a partir de dispositivos móveis com a app gratuita e-BRIDGE Print & Capture Lite

A Toshiba anuncia a aplicação gratuita e-BRIDGE Print & Capture Lite para impressão a partir de dispositivos móveis Android e iOS ligados em redes locais a multifunções Toshiba

NOESIS reforça investimento na região centro com novo escritório em Coimbra

A NOESIS cresceu na região centro graças ao reforço das equipas do escritório em Coimbra até aos cinquenta profissionais durante o presente ano. As principais áreas abrangidas por esta operação

Transformação digital na CeBIT 2015

Este ano, o mote da CeBIT – “d!conomy” – descreve a transformação digital de que foram alvo a economia e sociedade, bem como as tendências de TI, as

Quidgest abre 20 vagas de emprego para “Ativar Portugal”

A Quidgest associou-se à iniciativa “Ativar Portugal” da Microsoft e em parceria com a empresa Actual Training, anunciou a abertura de cursos de Formação e Certificação na Plataforma

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *