Portugal Telecom, NEC e NetCracker testam virtualização do CPE para o mercado residencial

10648
0
Share:

A NEC Corporation e a NetCracker Technology anunciam hoje que finalizaram com sucesso uma prova de conceito (PoC) para a sua solução de vCPE (customer-premises equipment) na Portugal Telecom. Este PoC decorreu em Março de 2015 e validou novas oportunidades de negócio para a solução vCPE no mercado residencial.

A Portugal Telecom é o maior operador de telecomunicações em Portugal, disponibilizando, por todo o País, serviços de telecomunicações fixas, móveis, multimédia, dados e empresariais.

Este PoC demonstrou e validou que a solução vCPE da NEC/Netcracker tem a capacidade de migrar muitas das funcionalidades presentes no gateway residencial instalado em casa do cliente, como por exemplo, roteamento IPv4 e IPv6, tradução e atribuição de endereçamento e outras funções de rede IP, para o datacenter da Portugal Telecom. Ao implementar a solução vCPE, a Portugal Telecom poderá acelerar e simplificar a integração e distribuição de novos serviços ao consumidor, assim como reduzir os custos de aprovisionamento e manutenção dessas ofertas.

Este PoC mostrou diversas potencialidades altamente originais em termos de serviços “on-demand” que a solução vCPE pode potencialmente fornecer, incluindo a capacidade de permitir que os consumidores personalizem e ativem serviços avançados, como controlo parental e controlo de utilização de um dispositivo específico, usando para o efeito um portal “self-service” de fácil utilização. A solução vCPE da NEC/NetCracker também permite conectividade Internet de próxima geração, sem a necessidade de os consumidores ou os técnicos da Portugal Telecom implementarem dispositivos altamente complexos e sofisticados em cada local.

Ao implementar a solução vCPE, a Portugal Telecom pode estender os recursos de serviços avançados através de qualquer meio de acesso de banda larga, garantindo consistência e personalização da experiência do cliente, independentemente da sua localização. Também será possível à Portugal Telecom reduzir o tempo para a disponibilização de novos serviços aos seus clientes, bem como reduzir os seus custos de aprovisionamento e manutenção, através da conversão do CPE numa simples “bridge” de Nível 2 e consequente minimização da instalação de hardware complexo e da resolução de problemas (troubleshooting).

“Estamos extremamente satisfeitos com os resultados positivos deste PoC. Além dos serviços atuais, esta solução permite que novos serviços sejam lançados e configurados aos clientes de uma forma muito mais rápida e com mais eficiência, levando a significativas reduções de custos. Além disso, a necessidade dos técnicos visitarem as casas dos clientes é claramente reduzida, resultando também em menores custos” declarou Jaime Serrano, Presidente da NEC Portugal.

“Com as soluções virtualizadas a ganhar força entre os principais operadores, é importante levar o vCPE e outras tecnologias para fora do laboratório, para implementações comerciais”, referiu Frank DeTraglia, Chief Customer Officer da NetCracker. “A NEC e a Netcracker têm uma longa lista de referências de sucesso em termos de ajuda aos prestadores de serviços de comunicações na redução do risco da operacionalização das inovações em redes e TI”.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário