Portal Coisas reposiciona-se e cria o maior shopping de Portugal

9944
0
Share:

A FixeAds lançou hoje a nova versão do portal Coisas, apresentando-o como “O Shopping Online”. Dirigido agora a empresas e empreendedores que tenham produtos para vender ao consumidor em canais tradicionais (retalho) mas também que já usam alguns canais complementares de forma não profissional, o novo portal Coisas pretende reunir o que melhor se faz em Portugal e assim democratizar o e-commerce no nosso país.

Atualmente existem milhares de pequenos negócios retalhistas em Portugal com lojas físicas, mas também outros milhares de pequenos negócios “caseiros” que utilizam a Internet e as redes sociais de forma não profissional para escoar os seus produtos. Porém, limitações do ponto de vista financeiro para investir numa loja online própria e em marketing digital para trazer pessoas à sua loja online impedem que muitos dos milhares de produtos não cheguem ao consumidor.

O Coisas quer mudar este paradigma. Através das ferramentas disponibilizadas, um lojista, um artesão, artista plástico, produtor de azeites ou vinho, criador de roupa, poderão facilmente criar a sua loja e vender os seus produtos junto de mais de 100.000 potenciais clientes, que entram neste centro comercial online todos os dias.

Recorde-se que o portal Coisas era uma das maiores referências em classificados em Portugal, tendo-se fundido com o portal de e-commerce Leilões.net no inicio deste ano. Atualmente tem atualmente um tráfego mensal que ultrapassa os 2,5 milhões de visitas sendo por isso um local onde qualquer pequeno negócio poderá fácil e rapidamente aumentar as suas vendas.

O que muda no Coisas?

O Coisas.com assume-se agora como um dos maiores centros comerciais do país, tendo já algumas lojas e negócios criados, mas procurando criar ofertas de qualidade para os seus milhares de clientes diários.

O portal está neste momento preparado para receber centenas de novos lojistas que queriam vender os seus produtos, seja como como canal principal ou complementar, no caso de lojas físicas (retalho). O portal foi alvo de uma reformulação geral ao nível de funcionalidades e de layout, potenciando a sua facilidade de uso e disponibilizando um conjunto de serviços e soluções, como por exemplo:

· Disponibilização de um sistema de faturação online integrado com a plataforma e gratuito, o Faturavirtual;

· Equipas de apoio para a criação e gestão das lojas ;

· Nova secção para lojas de produtos regionais Gourmet (vinhos, azeites, vinagres, chás, compotas, mel…)

· Importação automática de produtos e stocks através de feeds, podendo esta atualização ser configurada de forma automática;

· Nova área na página principal para negócios em destaque;

Com estas alterações o portal quer apostar na criação de novas lojas online e tornar-se no maior centro comercial virtual do pais, garantindo aos milhares de negócios, empresários, comerciantes e empreendedores a possibilidade de criar um canal de vendas privilegiado, ou alternativo, para vender os seus produtos.

“O novo Coisas pretende alavancar o comércio eletrónico junto dos milhares de negócios, muitos deles de grande sucesso mas em pequena escala. Hoje, qualquer pessoa pode ter uma loja na Internet e investir em ferramentas de marketing. Mas isso é um processo oneroso. Com o Coisas, simplificamos o processo e levamos aos nossos parceiros mais de 100.000 pessoas por dia”, explica Miguel Mascarenhas, CEO da FixeAds, empresa detentora do Coisas e de outros portais de sucesso como OLX, Imovirtual e Standvirtual.

Disponibilizando um interface muito eficiente, fácil e simples de usar, o “novo” Coisas “foi feito a pensar nas necessidades de empresas e empresários portugueses, possibilitando-os acompanhar-nos no trajeto de sucesso e crescimento que todos os nossos outros portais tiveram”, explica Miguel Mascarenhas.

Recorde-se que o Coisas é um dos maiores portais portugueses, com mais de 100.000 visitantes diários e faz parte do Grupo FixeAds, detentor de outros portais de grande sucesso, como o OLX (classificados), O Imovirtual (imobiliário) e o Standvirtual (automóvel), todos eles líderes no nosso país.

Para Miguel Mascarenhas, “o novo Coisas era a peça que faltava para completarmos um portfólio de portais de sucesso, referencias claras no mercado portugueses e em vários sectores. Vai ser certamente um projeto vencedor, criando oportunidades únicas para milhares de negócios e catalisador de riqueza e emprego”.

O Coisas recebe mais de 2,5 milhões visitas por mês, tem 500.000 produtos ativos e mais de 6.000 novos produtos colocados por dia.


Share:

Deixe o seu comentário