PHC fecha 2012 com forte crescimento

9592
0
Share:

A PHC  terminou o ano de 2012 com um forte crescimento em comparação com o período homólogo de 2011. Face ao ano transato, em 2012 a PHC viu as suas vendas subirem 13,2 por cento, com as exportações a crescerem 30%. Em termos de segmentos, a gama PHC Advanced CS foi responsável por 39% das vendas, seguida pelas gamas PHC Corporate CS com 34% e PHC Enterprise CS com 16% das vendas. As restantes soluções disponibilizadas pela PHC foram responsáveis por 11% das vendas totais em 2012. O total do volume de vendas foi de mais de 6,5 milhões de euros.

A PHC registou igualmente um forte crescimento do número de clientes e de utilizadores. No final de 2012, a empresa contava com mais de 29 mil clientes da sua solução PHC CS, o que se traduz num total de aproximadamente 135 mil utilizadores. Por sua vez, no sistema PHC FX – a oferta de cloud computing da PHC para empresas de serviços – registavam-se 660 clientes, a que correspondem perto de 1000 utilizadores em simultâneo. A comunidade de Parceiros para estas duas plataformas aplicacionais também foi reforçada, contando a PHC com 421 Parceiros que comercializam os produtos PHC CS e 312 Parceiros que comercializam as aplicações PHC FX.

Para estes resultados muito contribuiu o lançamento das novas versão do Software PHC CS e do sistema PHC FX, bem como a constante necessidade de adaptação do mercado a uma oferta cada vez mais moderna, apelativa e competitiva. A adesão crescente à solução PHC FX é um sinal claro dessa nova tendência, revelando o interesse do mercado de empresas de serviços pelas vantagens associadas a uma solução oferecida através de um modelo Software-as-a-Service (Saas). Não menos importante, as mudanças legais introduzidas no dia 1 de janeiro de 2013 fizeram com que muitos clientes antecipassem a atualização das suas ferramentas de trabalho durante a reta final de 2012, isto para que pudessem estar em conformidade no momento da entrada em vigor da nova regulação sobre a faturação. As soluções verticais – como são os casos do retalho e da indústria – também apresentaram uma fonte de crescimento para a PHC, sendo áreas onde a PHC tem visto a investir solidamente há já alguns anos.

Os números agora apresentados são particularmente importantes quando enquadrados no contexto em que foram obtidos. Embora o ano de 2012 tenha sido claramente marcado pela crise financeira que levou à realização de cortes orçamentais generalizados nos setores público e privado, isso não impediu a PHC de apresentar um forte crescimento na sua base de clientes e de utilizadores, que levou a um sólido aumento das vendas e das exportações. A PHC afirma-se assim uma vez mais como um exemplo e uma referência em Portugal, mostrando ao mundo a sua capacidade e dinamismo, tendo também aumentado o número de colaboradores, que é agora de 135.

De acordo com Ricardo Parreira, CEO da PHC Software, “estes resultados revelam que as reformas e as apostas que a empresa levou a cabo nos últimos anos estão a dar os seus frutos, com a PHC a seguir novamente na direção da subida das suas vendas, e o facto de a empresa crescer dois dígitos num ano marcado pela recessão económica em Portugal revela o forte dinamismo e capacidade da empresa”. Ainda de acordo com o responsável, “os resultados foram impulsionados sobretudo pelo crescimento das comunidades PHC CS e PHC FX, bem como pela subida das exportações, que aliás faz antever um ano de 2013 ainda mais interessante neste ponto de análise em particular, pois o facto de estarmos presentes em diversos países faz com que já exista uma base consolidada que nos permite agora planear um crescimento sustentável”.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário