PHC apresenta estratégia de apoio a microempresas

11968
0
Share:

A PHC reforçou a sua aposta de forma a responder às atuais necessidades e exigências das microempresas nacionais, para que estas possam usufruir de soluções e ferramentas mais adequadas aos seus negócios, com baixo investimento inicial, e sem gastos significativos de hardware.

Uma das novidades é a apresentação do PHC Faturação CS, um novo produto especialmente criado para empresas com poucos colaboradores (até três postos de trabalho), que necessitam apenas de uma solução simples, mas completa, de faturação. Integrado na gama PHC Corporate CS, este produto pretende democratizar o acesso a software de faturação certificado e já ajustado às novas orientações legais, incluindo o IVA de Caixa que será aplicado no dia 1 de Outubro. Para além da gestão de clientes e contas correntes, do controlo de cobranças e da criação de faturas rascunho que podem ser sempre alteradas até à sua respetiva conversão em documento final, o PHC Faturação CS permite também a emissão de documentos de faturação com referências Multibanco, para facilitar o processo de pagamento por parte dos clientes.

O novo PHC Faturação está disponível a partir de 199 euros (1º posto de trabalho), e de 349 euros (2º e 3º postos de trabalho) e é comercializado a partir de amanhã, dia 24 de setembro.

Como parte da estratégia de apoio às microempresas, a PHC reviu igualmente a política de pricing dos produtos PHC POS CS e PHC Restauração CS, dois módulos bastante utilizados no universo das microempresas portuguesas. Aplicável para encomendas a partir de hoje, 23 de setembro, o preço foi reduzido no acesso ao primeiro posto de cada um dos módulos, possibilitando o acesso à mais recente tecnologia para agilizar o seu negócio com um menor investimento. Assim, na gama de entrada PHC Corporate CS, os produtos PHC POS e o PHC Restauração CS têm um custo total de 299 euros para o primeiro posto e na gama PHC Advanced CS é possível adquirir o primeiro posto dos mesmos dois produtos por apenas 499 euros.

Simultaneamente, a PHC reforçou igualmente a sua estratégia de apoio às empresas de serviços com o fecho do portefólio completo PHC FX, ao lançar o PHC Service FX, com uma solução completa preparada para responder às necessidades das microempresas nesta área dos serviços: baixo investimento inicial, solução simples e sem hardware, formação online e autoformação, mobilidade, modalidade subscrição que dilui os custos com a empresa, entre outras mais-valias. O portefólio completo de soluções em SaaS – PHC FX – abrange agora as áreas de CRM (PHC CRM FX), gestão de equipas (PHC Team FX), gestão (PHC Business FX), faturação (PHC Billing FX), gestão documental (PHC Documents FX), análise gráfica de dados (PHC Dashboard FX) e gestão de pedidos e de serviço (PHC Service FX).

“As microempresas integram um dos principais setores do nosso tecido empresarial e são, atualmente, as que mais sentem os efeitos negativos do cenário económico-financeiro”, disse Ricardo Parreira, CEO da PHC Software. “Através destas novas medidas e de toda a oferta, queremos reforçar o nosso apoio a estas empresas e garantir que podem aceder e trabalhar com ferramentas completas que só estão habitualmente acessíveis para companhias de maior dimensão. Pretendemos contribuir não só para o crescimento e modernização deste segmento, mas também para o aumento da nossa presença junto de um grupo que consideramos muito importante dentro da economia nacional.”


Share:

Deixe o seu comentário