Parceria IBM com 200 universidades e institutos, 4 portugueses, para formar próxima geração de programadores na cloud

12408
0
Share:

A IBM acaba de anunciar uma iniciativa em cloud dedicada ao mundo académico – a Academic Initiative for Cloud – com o objetivo de formar e incentivar a próxima geração de programadores na cloud. O programa leva um novo currículo académico de desenvolvimento em cloud, com recurso ao IBM Bluemix (uma plataforma-como-um-serviço da IBM), a mais de 200 universidades, alcançando mais de 20.000 alunos em 36 países. A Universidade do Minho, o Instituto Politécnico de Tomar, o Instituto Superior de Engenharia de Lisboa e o Instituto Superior de Engenharia do Porto são as instituições do Ensino Superior em Portugal que fazem parte da lista.

Ao tornar acessível a plataforma Bluemix a partir destes programas, a IBM irá ajudar a formar os programadores do futuro com os mais recentes recursos e potenciar as capacidades necessárias para se juntarem ao mundo do trabalho e criar aplicações de classe empresarial na cloud à escala do consumidor. A plataforma, baseada em padrões abertos, inclui mais de 100 ferramentas e serviços das mais proeminentes tecnologias open-source combinadas com serviços e soluções da IBM e de terceiros, como o IBM Watson, Internet das Coisas, Big Data & Analytics e Mobile, entre muitos outros.

“Colocar o Bluemix nas mãos dos profissionais de hoje e de amanhã dá-nos a oportunidade de promover uma nova geração de talento no desenvolvimento de aplicações na cloud”, afirmou a General Manager da IBM for Cloud Ecosystem and Developers, Sandy Carter. “Este nosso compromisso de disponibilizar conhecimento e capacidade na cloud é fundamental para sustentar o crescimento das nossas previsões sobre a indústria.”

A iniciativa Academic Initiative for Cloud vai apresentar aos alunos as mais recentes tecnologias e soluções de cloud à medida que vão desenvolvendo as capacidades necessárias para lançarem as suas próprias empresas ou para se tornarem especialistas na indústria. Este novo programa vai de encontro ao compromisso da IBM em minimizar a lacuna que existe entre as competências e formações atualmente disponibilizadas nos currículos académicos e as especialidades que o mercado de trabalho procura, uma vez que também inclui formação em Big Data Analytics e Computação Cognitiva.

A começar já neste outono, as universidades de todo o mundo iniciarão mais de 250 programas que utilizam materiais de ensino, tecnologias e metodologias da IBM, com foco no Bluemix, em múltiplos cursos, designadamente Ciências da Computação, Tecnologias de informação, Ciências Analíticas e de Dados.

O acesso à plataforma Bluemix na sala de aula, durante 12 meses sem custos, permitirá às universidades e institutos levarem os seus métodos de ensino da teoria à prática. Mais do que ouvirem exemplos e demonstrações, será possível colocar as tecnologias nas mãos dos estudantes, que passarão a aprender a desenvolver na prática aplicações na cloud.

Mais informações sobre o programa aqui


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário