Palo Alto Networks lança PAN-OS 7.0

13288
0
Share:

A Palo Alto Networks anunciou melhorias significativas à sua plataforma líder de mercado que está desenhada para permitir o funcionamento correto e seguro das aplicações e prevenir ciberataques.  As melhorias anunciadas, que vão estar incluídas na versão PAN-OS 7.0, expandem as capacidades de prevenção da plataforma através de melhorias a nível das análises, automação e eficiência operacional – tudo desenhado para ajudar os clientes a bloquear as ameaças e fazer com que estas não comprometam as suas redes, endpoints e data centers cloud.

À medida que a complexidade das ameaças cresce, muitas equipas de segurança TI lutam para acompanhar o ritmo das ameaças mais avançadas, pois estão sobrecarregadas devido ao volume de alertas gerado por produtos proprietários, de segurança no ponto e de deteção de ameaças. Há pouco a fazer a nível de análise e de automação que ajude a identificar rapidamente e a prevenir automaticamente as ameaças na fase inicial do ciclo de vida dos ataques.

A plataforma de segurança da Palo Alto Networks e as novas funcionalidades apresentadas hoje ajudam os profissionais de segurança a ultrapassar a inércia causada pela sobrelotação derivada do grande volume de alertas e processos manuais na utilização dos vários produtos de segurança, pois foram melhoradas a nível de prevenção de falhas e da eficiência operacional.

Entre as várias melhorias destacam-se as seguintes: 

  • Um novo Automated Correlation Engine que identifica e previne a ação de hosts comprometidos numa rede empresarial, através da correlação de padrões, para assim identificar atividades maliciosas.
  • Melhorias a nível da inteligência de ameaças WildFire que permitem uma análise automatizada de ficheiros em várias versões das aplicações para identificar malware que ataca especialmente versões proprietárias; as melhorias feitas nesta área também classificam o malware por nível de ameaça, para que as equipas consigam prioritizar melhor a sua resposta às mesmas através de uma ação preventiva, quando necessário.
  • Inclusão de um novo Network Processing Card de alta capacidade para o PA-7050 que oferece prevenção a nível dos ambientes de data center com uma maior densidade de porta 10G e novas portas 40G.
  • Novas capacidades de gestão de políticas avançadas na consola de gestão Panorama que fazem com que seja ainda mais fácil criar políticas de segurança que possam ser aplicadas a diversas firewalls da nova geração de forma fácil e apropriada, fisicamente ou virtualmente, reduzindo as hipóteses de erro humano e de falhas nas políticas ou na configuração.

De acordo com Scott Gainey, vice president of product marketing da Palo Alto Networks, o mais importante entre as novas capacidades do PAN-OS 7.0 é a capacidade de identificar, e de tomar ações preventivas, de forma rápida face a ameaças de vários tipos, em vários estágios do ciclo de vida d e um ataque, e em qualquer segmento da rede.”

Além das mais de 70 melhorias introduzidas no PAN-OS 7.0, a Palo Alto Networks apresentou também a nova appliance de gestão Panorama M-500, a qual é ideal para uso em data centers e grandes empresas. Por outro lado, foram feitas melhorias no Application Command Center que também vão enriquecer a visualização do tráfego da rede e encurtar o tempo de resposta a ameaças, graças ao dashboard altamente interativo e customizável que oferece informação de fácil compreensão.

Para mais informações sobre as atualizações feitas no PAN-OS 7.0, visite http://go.paloaltonetworks.com/panos7

Disponibilidade

O PAN-OS 7.0 está agora disponível para os clientes da Palo Alto Networks com contrato de suporte. A nova appliance de gestão M-500 e o Network Processing Card têm lançamento previso para finais de Junho.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário