O melhor aliado da inovação

13288
0
Share:

Gerir a inovação no desenvolvimento de novos produtos significa que deve tomar as decisões adequadas sobre as ideias correctas de acordo com as prioridades e os objectivos do negócio. Isto representa mais do que executar projectos dentro dos prazos e conjuntos de pressupostos. O essencial é a colaboração, alinhamento estratégico e uma comunicação fluida.

As empresas mais inovadoras conseguem atingir um volume de vendas duas vezes e meio mais alto nos seus novos produtos e um retorno dez vezes maior nos seus investimentos de inovação. Contudo, para desenvolver novos produtos com sucesso, é essencial capturar e identificar atempadamente as ideias mais atrativas, rentáveis e alinhadas. Mesmo assim, será vital um óptimo processo de transformação das ideias em produtos. Estima-se que mais de 40 por cento dos projetos de desenvolvimento de novos produtos excedem o budget previsto e cerca de 40 por cento podem ser considerados um fracasso total. A perda de vendas e de benefícios podem resultar de uma planificação inadequada e do atraso no lançamento dos produtos devido ao excesso de trabalho redobrado na fase de desenvolvimento.

As empresas que tentam melhorar a sua capacidade de inovação encontram-se frequentemente perante o desafio de optimizar o retorno do investimento ao longo do ciclo de vida dos seus produtos, desde a sua criação à sua recolha. É a forma para reduzir o time-to-market, melhorar a utilização de recursos, reduzir os custos de desenvolvimento e, por último, aumentar as vendas e os benefícios com os produtos mais interessantes para o mercado.

A aplicação de princípios de uma boa governação de TI com o apoio imprescindível de soluções tecnológicas de gestão de portfólios e projetos ajudará a ultrapassar muitos dos obstáculos do processo de inovação e a alcançar os objectivos fundamentais do negócio, uma vez que:

Aumenta o rácio de êxito da inovação, melhorando a captura de ideias, seja quais forem as suas origens (clientes, funcionários, analistas, competidores, etc.) e permite analisá-las com critérios homogéneos baseados nos objectivos estratégicos da empresa.

Reduz os custos de desenvolvimento graças a um menor volume de tarefas de administração. Isto é alcançado através de uma melhoria e promoção da colaboração, por exemplo, através de modelos de melhores práticas e fluxos de trabalho.

Diminui o time-to-market através da utilização das melhores práticas da indústria de inovação.

Melhora a próxima geração de produtos e de serviços mediante a reutilização e a aprendizagem do conhecimento e das lições aprendidas em projetos anteriores.

Em resumo, ao aplicar bons princípios de governação de TI no processo de inovação, é possível atingir as melhores ideias, desenvolvê-las em menos tempo e com um custo mais reduzido, e colocar no mercado os produtos mais inovadores, o que reverte inabalavelmente numa melhoria de vendas e de benefícios.

O êxito no desenvolvimento e no lançamento de produtos requer claramente uma coordenação de esforços, método, comunicação e visibilidade entre as distintas áreas do negócio. As empresas que desejem melhorar os seus projetos de inovação, encontrarão na gestão de portfólios e projetos o seu melhor aliado, que os ajudará a optimizar o desenvolvimento de produtos e o seu lançamento no mercado.

José Antonio García Blázquez,
Senior Consultant na CA Technologies


Share:

Deixe o seu comentário