OpenText lança novo Process Suite do Projeto Red Oxygen

8448
0
Share:

A OpenText anunciou o lançamento do novo Process Suite, que permite às empresas simplificarem complexos processos de negócio e automatização de casos em toda a gestão de conteúdo empresarial, relacionamento com o cliente, troca de informação, pesquisa de informação, entre outros. Combinando a plataforma Cordys da OpenText com pacotes de aplicações e add-ons, o novo Process Suite fornece os níveis mais elevados de agilidade e o menor tempo de retorno do investimento, e foi demonstrado para reduzir o tempo de desenvolvimento de aplicação para mais de metade.

Com as soluções de BPM tradicionais é necessário cerca de 18 meses para o processo de implementação, o que leva a que as empresas possam considerar que as suas necessidades mudaram e que as soluções já estão ultrapassadas no momento em que são implementadas. Este desafio é agravado pelo aumento constante de volumes de dados e novas formas de alcançar os stakeholders internos e externos. O Process Suite da OpenText otimiza os processos operacionais e fornece uma maior flexibilidade, através de pacotes de aplicações, componentes de soluções pré-construídos e ferramentas que diminuem o tempo despendido no desenho e na implementação das soluções.

“A automatização dos processos de negócio numa organização provou ser um desafio para as empresas, que experimentam com frequência incompatibilidades entre o ciclo das necessidades do negócio e a tecnologia disponível”, afirma Jim Sinur, um reputado especialista em processos e antigo analista da Gartner. “O mercado precisa de uma solução para gerir melhor o workflow de forma a aumentar a produtividade e diminuir o tempo de desenvolvimento.”

O Process Suite faz parte do Projeto Red Oxygen da OpenText que permite às empresas descobrirem e gerirem informação de forma a estimularem o crescimento e inovação em toda a sua organização, e aumentarem o tempo para obterem uma vantagem competitiva. Sendo uma solução completa, a plataforma Process Suite inclui:

  • OpenText Cordys 10.5 – Combina gestão de processos e casos num único sistema para ajudar na automatização completa, desde os processos mais simples até aos mais complexos.
  • BPM Everywere – Permite aos trabalhadores comunicarem e colaborarem facilmente através de um interface social e no dispositivo que escolherem.
  • Process Component Library – Constrói aplicações a partir de uma biblioteca de gestão de casos e componentes de entrega de serviços que diminuem o tempo de retorno.
  • AppWorks Gateway – Integra o conjunto completo dos produtos EIM da OpenText utilizando recursos de desenvolvimento e RESTful APIs.
  • Ampla capacidade de Implementação – O Process Suite pode ser usado no local, como uma solução SaaS e como uma solução PaaS, e também através de uma estratégia de implementação híbrida.

“Com capacidades inigualáveis na concorrência, o Process Suite simplifica o que é, tradicionalmente, um processo complexo e diminui o tempo de desenvolvimento, de 9 a 18 meses para 3 a 6 meses”, diz Muhi Majzoub, senior vice presidente of engineering da OpenText. “Fornece a agilidade necessária para projetar, desenvolver e implementar aplicações de automatização e de gestão de casos completas de forma rápida, e torna mais fácil para os nossos clientes entenderem, comprarem e implementarem as suas próprias soluções.”

O Process Suite da OpenText proporciona maior rapidez e agilidade, sem sacrificar a funcionalidade. Inclui soluções totalmente completas e pacotes de aplicações, para reduzir ainda mais o tempo de implementação.

O Process Suite foi também desenhado para a cloud com características de multi-tenant, ferramentas de molde de casos e processos completas, regras de negócio, master data management (MDM) e enterprise service bus (ESB). A solução é também capaz de criar e consumir web services baseados em SOA.

Produtos adicionais que também ajudam as organizações a melhor responderem às necessidades específicas de seus utilizadores incluem:

  • OpenText Process Inteligence – Análises de processos e visualização de dados que ajudam a perceber o desempenho dos processos.
  • OpenText ProVision – Análise da arquitetura do negócio e sistema de modelagem.
  • OpenText Capture Center – Programa de reconhecimento de documentos e caracteres que transforma documentos em papel em informações legíveis por máquina.

Os programadores podem usar a nova solução AppWorks da OpenText, que fornece RESTful APIs e serviços partilhados através do vasto conjunto de funcionalidades EIM da OpenText, desde a gestão de conteúdos corporativos a relacionamento com o cliente, partilha e pesquisa de informação, para integrar mais facilmente estas capacidades de gestão de informação em soluções de automação de processos e casos baseado no Process Suite. Isto contribui para aumentar a potencialidade das soluções de automatização e diminuir significativamente o tempo de desenvolvimento e implementação.

O Projeto Red Oxygen permite obter mais vantagens competitivas em menos tempo, fornecendo cinco suites abrangentes e integrados, incluindo Process Suite, Experience Suite, Discovery Suite, Information Exchange Suite, e AppWorks. Em conjunto, fornecem uma plataforma de desenvolvimento unificado, uma experiência consistente e envolvente para o utilizador, e profunda integração através de suites para permitir que os CIOs estejam alinhados com todas as linhas de negócio.

 

O Process Suite está disponível em todo o mundo na versão inglesa. Estará disponível em outras línguas brevemente.


Share:

Deixe o seu comentário