11446 0

OpenText apresenta resultados financeiros do 3º trimestre de 2013

A OpenText apresentou os seus resultados financeiros referentes ao terceiro trimestre que terminou a 31 de Março de 2013.

A OpenText obteve neste período, receitas totais de 337.7 milhões de dólares, um aumento de 16% face aos resultados do período homólogo do ano fiscal anterior. No que se refere a licenças derivadas de operações, estas obtiveram uma receita de 69 milhões de dólares, o que representa um aumento de 13%. Relativamente aos serviços cloud, as receitas foram de 44.4 milhões de dólares. Enquanto o EPS sem base em GAAP diluído, foi de 1.26 dólares, comparado com os 1.01 no ano anterior (um aumento de 25%), o EPS com base em GAAP diluído foi de 0.44 dólares, comparado com os 0.59 dólares face ao período homólogo anterior. O lucro obtido em operações sem base em GAAP foi de 90.4 milhões de dólares representando 27%. O lucro obtido de operações com base em GAAP foi de 40.9 milhões de dólares, 12%. As operações de cash flow foram de 116.8 milhões de dólares, um aumento de 21% comparado com os 96.6 milhões do período homólogo, com um saldo final de 446.9 milhões de dólares.

“A OpenText assumiu o compromisso de distribuir valor aos acionistas através da inovação tecnológica, aquisições estratégicas e agora através de dividendos”, afirma Mark J. Barrenechea, CEO da OpenText. “Foram gerados 333.1 milhões de dólares em operações de cash flow nos últimos 12 meses e o negócio tem sido executado com margens operacionais excecionais. Sempre foi compromisso da empresa premiar os investimentos dos seus acionistas, e por isso o Conselho de Administração decidiu que chegou o momento de declarar dividendos para os acionistas.”


Bruno Fonseca

Bruno Fonseca

Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Notícias Relacionadas

HP eleita “Marca de Confiança” pelo 12º ano consecutivo

A HP acaba de ser reconhecida pelo 12º ano consecutivo como “Marca de Confiança” em Portugal na categoria de Computadores Pessoais. As conclusões resultam do estudo “Marcas de Confiança

SAS escolhido pela principal seguradora europeia para estratégia de Big Data

A Munich Re escolheu as soluções de analytics do SAS para implementar a sua estratégia de Big Data. Grande parte das unidades de negócio da empresa assim como alguns

MicroStrategy simplifica oferta para melhorar a experiência dos clientes

A MicroStrategy anunciou uma nova estrutura de packaging para tornar mais fácil do que nunca interagir, orçamentar, adquirir, implementar e ter sucesso com a MicroStrategy. Durante o evento

Eaton lança soluções de energia otimizada para aplicações IT de menor dimensão

A  Eaton lançou as novas versões de 2,2 kW e 3 kW das suas UPSs da série 9PX, que são ideais para proporcionar uma proteção de energia de

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *