35793 0

Grupo OLX reforça Centro tecnológico com mais 100 profissionais

O Grupo OLX iniciou um novo processo de recrutamento para o seu centro tecnológico em Lisboa. Recorde-se que este é um dos quatro centros tecnológicos mundiais (Berlim, Deli, Buenos Aires e Lisboa) que apoia mais de 40 países em todo o mundo.

Até ao final deste ano, o Grupo pretende recrutar mais 100 profissionais para integrar a equipa que tem a seu cargo o desenvolvimento de vários projetos online internacionais, de grande dimensão, nos segmentos automóvel e imobiliário.

Lisboa ganha assim maior peso no que respeita à vertente tecnológica de alguns dos portais internacionais mais relevantes, como é o caso dos verticais de imobiliário (Storia ou Otodom) e setor automóvel (Stradia, Otomoto e Autovit), e também em soluções de CRM para os utilizadores profissionais de América Latina, Ásia, Europa e em breve África.

O centro tecnológico, criado estrategicamente em Portugal em 2015, dedica-se à conceção e desenvolvimento de toda a área de portais que o Grupo detém a nível internacional, contando já com cerca de uma centena de profissionais. As novas vagas pretendem reforçar as equipas de internet e mobile e os perfis procurados estão relacionados com as áreas tecnológicas, tais como engenheiros de software (software engineers), engenheiros de sistemas (system engineers), data scientists, gestores de produtos e especialistas UX/UI, entre outros.

O talento técnico em Portugal, reconhecido dentro do Grupo pelo sucesso dos portais Standvirtual, Imovirtual e OLX, líderes nos seus segmentos, foi a principal razão para a criação deste centro tecnológico em Lisboa, na qual já trabalham mais de 100 pessoas, na maioria portugueses, mas que conta também com profissionais oriundos de vários países como Brasil, Argentina, Alemanha, Holanda, França, Ucrânia, Índia entre outros. Das 100 contratações que o grupo pretende realizar até ao final do ano, prevê-se que 20% sejam internacionais.

Para Tim Hilpert, CEO do Grupo OLX para a Europa, “Portugal tem sido um case study e tal deve-se ao talento e conhecimento que temos. A partir deste centro tecnológico são desenvolvidas novas funcionalidades para portais e apps líderes mundiais, e é a partir de Lisboa que são também criados e desenvolvidos novos projetos para mercados com enorme potencial, como a Índia, Indonésia e América Latina. Queremos continuar a apostar nesta estratégia vencedora e juntar novos talentos a este grande projeto em Portugal”.

De acordo com Rui Franco, VP de Engenharia e Responsável pelo desenvolvimento de Portais B2C do grupo, “este centro tecnológico é um local de excelência para aprender e desenvolver a carreira numa empresa líder mundial e com muitas oportunidades em todo o mundo. Entre criar e lançar produtos para novos mercados e manter a inovação em outros, são muitos os desafios tecnológicos que temos para oferecer  aos profissionais em Portugal”.

As vagas em aberto estão disponíveis em www.joinolx.com.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

LetsBonus faz parceria mundial com Booking.com

No âmbito da sua estratégia de reposicionamento face ao modelo de marketplace, a LetsBonus estabeleceu uma parceria estratégica com Booking.com, a maior central de reservas do mundo. O
Fortinet

Fortinet aumenta a sua receita em 30% face ao ano anterior impulsionada pela sua proposta tecnológica Security Fabric

A Fortinet tornou públicos os seus resultados financeiros correspondentes ao segundo trimestre que finalizou a 30 de junho de 2016. “Estamos muito satisfeitos por ter obtido receitas e

Vodafone assegura comunicações de mais de 7.000 equipamentos da rede MULTIBANCO com solução de última geração

A Vodafone vai assegurar, a partir de janeiro de 2016, a prestação de serviços de comunicações à SIBS, ligando, com as suas redes de última geração, mais de

Inovaworks cria solução para vigilância marítima

O produto GeoC2, a solução inovadora 3D para comando e controlo no âmbito da cooperação civil-militar da empresa portuguesa Inovaworks Command and Control, está hoje, 7 de Junho,

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *