O perigo das contas falsas do Twitter e do Facebook no Europeu

12232
0
Share:

O Campeonato Europeu de Futebol 2012 é um evento com uma grande repercussão no Twitter, já que para muitos este é o canal mais rápido para ter acesso às notícias sobre os jogadores. Os próprios futebolistas utilizam este meio para contar as suas experiências a respeito do torneio, publicar fotos prévias e posteriores aos jogos, etc. Mas cuidado: existem muitos perfis falsos que podem conter malware.

Na véspera de um grande jogo, a tensão prévia ao encontro aumenta, inclusive entre os fãs. E que bom é poder aceder às últimas notícias directamente dos jogadores através de suas contas do Twitter! Mas, como podemos ter a certeza de que estas contas são autênticas? Às vezes é possível perceber isso só pelo número de seguidores ou de amigos que possuem: A conta do jogador do Real Madrid e da Selecção Portuguesa, Cristiano Ronaldo, no Facebook, por exemplo, tem o “gosto” de 45 de milhões de utilizadores desta rede social (https://www.facebook.com/cristiano). Um cenário muito similar dá-se no Twitter, onde o craque luso tem 10 milhões de seguidores (https://twitter.com/cristiano).

No entanto, estes números nem sempre são tão expressivos: o perfil da Selecção Alemã de Futebol, por exemplo, só conta com 125.000 seguidores no Twitter (http://twitter.com/dfb_team). É por isso que muitas equipas e jogadores estão a utilizar contas verificadas. Para reconhecer uma conta verificada no Twitter, só se tem que procurar um ícone azul que contém um “tick” branco ao lado do nome da conta. Alguns jogadores que não têm uma conta verificada põem também um link para a sua página do Twitter no seu site oficial.

Como reconhecer uma conta falsa?

O facto de na descrição de uma conta aparecer “futebolista profissional”, não quer dizer que seja o perfil da estrela que estamos a tentar seguir. Se procurarmos “Ronaldo” no Twitter, as três primeiras páginas de resultados contêm cerca de 15 contas, todas elas com a foto do futebolista português. Entre todas elas se encontra o perfil oficial: https://twitter.com/cristiano, mas o problema do resto das contas é que podem ser uma rota directa para o malware.

Mas nem todas as contas não oficiais são utilizadas para difundir notícias falsas ou malware. Na maioria dos casos, e especialmente no mundo do desporto, estas contas são administradas pelos fãs. Um dos meios para saber se uma conta do Twitter é oficial é o tipo de foto de perfil e o nome da conta. Por exemplo, podemos estar bastante seguros de que “Ronaldo000” não é a conta oficial de Twitter de Cristiano. A linguagem utilizada é também um bom indicativo para saber se a conta é oficial ou não. O uso de insultos ou piadas de mau gosto são indicadores claros de que a conta é falsa. Ainda que a linguagem utilizada no Twitter seja algo informal, as estrelas internacionais tendem a escrever em Inglês para chegar assim a um maior número de seguidores.

Os links também podem gerar riscos

Os cibercriminosos aproveitam a popularidade desta rede social, sobretudo perto de eventos desta categoria (agora o Europeu, mas há dois anos o Mundial) para propagar o malware através de links maliciosos em publicações de utilizadores que, ao serem infectados, podem chegar a emitir até 8 mensagens por segundo com links para páginas maliciosas, tal como a Kaspersky Lab tem vindo a detectar noutras ocasiões.

Neste caso, o conselho a seguir é, em primeiro lugar, não seguir links de tweets de utilizadores desconhecidos ou suspeitos. Além disso, é importante ter em conta o domínio em que estes links estão alojados, já que as páginas infectadas costumam pertencer a servidores pouco comuns. Seguindo estes conselhos e refreando a nossa curiosidade em relação a títulos demasiado sensacionalistas, poderemos desfrutar do Campeonato Europeu de Futebol 2012 de uma forma segura.


Share:

Deixe o seu comentário